PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Carille elogia atletas do Santos por aguentarem pressão do jogo: 'Virou mais que decisão'

Equipe santista vinha de sequência negativa e precisava vencer para deixar a zona de rebaixamento

10 out 2021 19h55
| atualizado às 19h55
ver comentários
Publicidade

O técnico Fábio Carille conseguiu pôr um fim na sequência de 11 jogos sem vencer do Santos e elogiou a postura dos atletas por aguentarem a pressão imposta pelo Grêmio. Decidida nos acréscimos, a partida exigiu muita intensidade e foi marcada por muitas faltas. O treinador disse estar orgulhoso da resposta dada pelos jogadores em uma situação como a deste domingo.

"Estou muito orgulhoso, os jogadores estavam muito pressionados, estávamos muito tempo sem ganhar. Já era uma decisão e virou mais do que isso. O Grêmio tem essa ideia de imposição física e de parar o jogo. Precisamos colocar na cabeça dos jogadores para não entrar em pilha e tomar cartão por reclamação", afirmou o treinador.

A vitória por 1 a 0 no confronto direto foi marcada por um forte apoio da torcida. Um torcedor santista, inclusive, jogou sal grosso da cabine do VAR, que no fim do jogo acabou sendo o responsável por validar o gol do Santos. Carille deu "nota máxima" para os torcedores e destacou que o apoio aconteceu mesmo em momentos de contra-ataques do Grêmio.

"O vestiário está uma alegria imensa. O torcedor jogou junto o tempo todo, veio junto também nos momentos difíceis e o incentivo ali foi importante. O envolvimento do torcedor já começou na nossa saída para o jogo contra o São Paulo, quando saímos do CT. A torcida merece nota máxima, mas não é só no jogo de hoje (domingo)", comentou o treinador.

O técnico santista ainda colocou a vitória como fundamental para a sequência do Santos, que tem dois jogos fora de casa nas próximas rodadas, contra o líder Atlético-MG e contra o Sport, em mais um confronto direto. O time tem 28 pontos e ocupa a 16.ª posição no Campeonato Brasileiro.

"Fizemos um primeiro tempo interessante, o gol não acontecia e o incômodo podia aumentar por mais um jogo. Temos que passar tranquilidade, mas não é fácil. É uma vitória muito importante para a nossa sequência. Foram 11 jogos sem vitória. Tem muitos jovens aqui e é difícil superar isso. Esta vitória vai facilitar o meu trabalho e o da minha comissão. Vai nos dar tranquilidade. Agora temos dois jogos importantíssimos fora. Vamos recuperar os jogadores para fazer a mesma entrega e sair dessa zona de baixo", finalizou o treinador.

Estadão
Publicidade
Publicidade