PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Favoritar Time

Bustos vê Táchira mais descansado e empate justo na Venezuela

Técnico argentino lembrou que o adversário do Peixe não jogava havia 11 dias

30 jun 2022 - 08h31
(atualizado às 08h31)
Ver comentários

O técnico Fabián Bustos falou sobre o desempenho do Santos no empate em 1 a 1 contra o Deportivo Táchira na Venezuela, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana. A volta será na Vila e Peixe só precisa de uma vitória simples para se garantir na próxima fase.

Fabián Bustos considerou o empate entre Santos e Deportivo Táchira justo (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Fabián Bustos considerou o empate entre Santos e Deportivo Táchira justo (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Foto: Lance!

O último jogo do Deportivo Táchira aconteceu no dia 18 de junho, contra o Monagas, em derrota por 3 a 0. Após isso, o clube não entrou mais em campo e voltou todas suas atenções para o duelo contra o Peixe. Segundo o argentino, isso fez a diferença.

- Queríamos levar um bom resultado. Acreditávamos que podíamos, sempre respeitando o Deportivo Táchira que tem uma boa equipe. Claro que estavam mais descansados que nós. Faz 11 dias que eles não jogam. Nós jogamos no último sábado e temos que jogar sábado novamente. Tínhamos três suspensos. Alguns garotos com dificuldades físicas. Era injusto não somar pontos, sem tirar méritos do rival, eles ficaram em vantagem por um erro nosso. Em um escanteio saiu um gol contra. Não justificava o resultado, o jogo estava equilibrado - disse Bustos.

O comandante do Alvinegro Praiano também falou sobre o gol sofrido, ainda no primeiro tempo. Aos 29 minutos, em cobrança de escanteio da esquerda, Vinícius Zanocelo cabeceou contra o próprio gol e marcou contra. Antes disso, Bustos viu um jogo equilibrado.

- O rival se colocou em vantagem num erro nosso, um gol contra, quando o jogo estava equilibrado. No segundo tempo fomos para reverter e criamos possibilidades pelas pontas e demoramos para acertar e deixar o lance claro como o Sánchez deixou para o Angulo - analisou o treinador.

Com o empate na reta final o Peixe diminuiu o prejuízo. Agora, o Santos precisa de uma vitória simples na partida de volta, quarta-feira, na Vila Belmiro, para garantir classificação para as quartas de final da competição. Antes, no sábado, o Peixe recebe o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro.

- No segundo tempo fomos buscar, mudar o rumo da partida. Tivemos muitas situações. Chegamos com possibilidades por fora, e demoramos para acertar e deixar o lance claro como o Sánchez deixou para Angulo na jogada do gol. Tivemos um bom resultado. Claro que ainda tem outra partida. Mas as condições serão diferentes porque jogamos em casa - completou Bustos.

Lance!
Publicidade
Publicidade