PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Favoritar Time

Bustos sai em defesa de Angulo e Julio após vaias da torcida do Santos

22 mai 2022 07h14
ver comentários
Publicidade

Contratado em abril deste ano, Bryan Angulo anda busca se firmar no elenco do Santos. Neste sábado, o atacante viveu uma noite infeliz no empate de 0 a 0 com o Ceará, na Arena Barueri. O equatoriano perdeu um gol sem goleiro, na pequena área, e acabou deixando o gramado sob fortes vaias da torcida alvinegra.

Em entrevista coletiva, o técnico Fabián Bustos fez questão de defender o jogador. Segundo o comandando, o atleta de 26 anos fez uma boa partida diante do Vozão.

"Eu trabalho todo o dia e vejo quem está melhor para cada jogo. Eu estou todos os dias trabalhando e, para esse jogo, Angulo estava melhor. Não importa quem faz o gol. Ganha o time, ganha o conjunto. Temos um bom grupo. As vezes precisamos fazer trocas. Para mim, Angulo fez um bom jogo, mas respeito o que podem dizer os outros", disse.

O argentino também aproveitou para ressaltar que Angulo e Marcos Leonardo podem atuar juntos, como ocorreu neste sábado. Ele já havia repetido essa formação no último domingo, na derrota de 1 a 0 para o Goiás, fora de casa.

"Eu creio que podem jogar juntos. Quantas situações de gol teve o Marcos Leonardo? Umas três ou quatro. A presença de um ou outro ajuda a brigar com os zagueiros centrais. Tem que dar situações de gol aos atacantes. Lamentavelmente, não convertemos as chances. É normal, é futebol. Podem jogar os dois juntos. O Baptistão quando cheguei, 90% o criticavam. É fruto do seu trabalho. Ele entendeu o que queríamos e vem se sentindo cômodo como atacante pela direita. É levantar o nível de cada um e ser mais competitivo. Não estamos contentes, não ganhamos, escapou uma vitória que seria importante para competir na parte de cima de todo o torneio", analisou.

Outro jogador que Bustos defendeu foi Jhojan Julio. O meia-atacante vem sendo constantemente criticado por parte da torcida e também ouviu vaias contra o Ceará.

"Jhojan começou bem, mas depois teve dois erros seguidos. No segundo tempo, melhorou o nível. Não compartilho do que dizem (críticas). Para mim, fez um bom jogo e foi bem no outro jogo. Tem que ver o jogo de quarta-feira, para mim começou bem. Na jogada do gol legítimo de Léo Baptistão, ele luta, vai e tem a atitude. Cada jogador tem características distintas. Para mim, foi bem. Ele fez um bom jogo até ser substituído. Vou ver o vídeo e rever isso", comentou.

A dupla espera conquistar a confiança da torcida na próxima terça-feira, quando o Santos recebe o Banfied, da Argentina, pela última rodada da fase de grupos da Sul-Americana.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade