PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Favoritar Time

Bastidores do Santos: Bustos vê respaldo interno sobre o trabalho

Derrota por 4 a 0 no clássico contra o Corinthians, na última quarta-feira, deixou o ambiente do clube pesado. Apesar da pressão, técnico acredita ter crédito internamente

24 jun 2022 - 21h39
(atualizado às 22h45)
Ver comentários
Publicidade

O Santos viveu momentos de tensão nesta semana, principalmente após a derrota por 4 a 0 para o Corinthians, pelo jogo de ida da Copa do Brasil. O presidente do clube, Andres Rueda, compareceu ao CT Rei Pelé na quinta para conversar com o elenco e tentar entender a derrota vista como humilhante por todos.

Bustos ainda não venceu um clássico no comando do Peixe (Foto: ivan Storti/Santos)
Bustos ainda não venceu um clássico no comando do Peixe (Foto: ivan Storti/Santos)
Foto: Lance!

O Santos tem apenas uma vitória nos últimos nove jogos. Empatou com Ceará, Banfield, Athltico-PR, Internacional, Atlético-MG e Red Bull Bragantino. Foi derrotado em dois clássicos, contra o Palmeiras, na Vila, e Corinthians, na Neo Química Arena. A única vitória foi contra o Juventude, no Sul do País.

Mas, segundo apuração do LANCE!, o treinador vê confiança em seu trabalho por parte da diretoria e dos atletas. No seu entedimento, apesar da dura derrota no clássico, a equipe está no caminho certo. Conseguiu avançar de fase na Sul-Americana, em um sistema que apenas uma equipe se classifica.

No Campeonato Brasileiro, apesar de grandes problemas, chegou a liderar o torneio e está na briga pelo G-6. Em campo, ficou satisfeito com as atuações contra Palmeiras, Athletico-PR e Internacional, apesar de não ter conseguido os 3 pontos. A influência negativa de arbitragem também é levada em consideração.

O treinador também enxerga uma pressão exagerada por parte da imprensa, principalmente pelos motivos citados acima. Mas entende que uma nova derrota no clássico deste sábado pode esquentar ainda mais o ambiente e tornar o clima insustentável.

O Santos é o 8º colocado no Campeonato Brasileiro, com 18 pontos. O time do treinador Vitor Pereira é o vice-líder, com 25. Após o duelo deste sábado, o Peixe enfrentará o Flamengo, Atlético-GO e Avaí pelo torneio nacional.

Pela Sul-Americana, o Peixe joga contra o Deportivo Táchira no próximo dia 26 de junho, às 21h30, no estádio Pueblo Nuevo, em San Cristóbal, na Venezuela. A volta está marcada para o dia 6 de julho, às 21h30, na Vila Belmiro. A volta na Copa do Brasil contra o Corinthians está agendada para o dia 13 de julho, também na Vila.

Desde que chegou ao Santos, em fevereiro, Bustos comandou a equipe em 25 jogos, com oito vitórias, 10 empates e sete derrotas.

Lance!
Publicidade
Publicidade