0

Atacante Ângelo supera Pelé e se torna o 2º mais novo a jogar pelo Santos

Em apenas quatro dias, o garoto de 15 anos fez seu primeiro treino com os profissionais e já entrou na partida contra o Fluminense

26 out 2020
11h57
atualizado às 16h22
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O atacante Ângelo Gabriel dificilmente vai conseguir se esquecer da última semana. Com apenas 15 anos, ele fez, em um período de apenas quatro dias, o seu primeiro treino com o elenco principal do Santos, assinou um pré-contrato com o clube da Vila Belmiro e estreou entre os profissionais da equipe. Superou, assim, até mesmo Pelé em precocidade pelo time.

No domingo, Ângelo, relacionado por Cuca para o duelo com Fluminense, foi acionado durante o segundo tempo da derrota no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Não conseguiu evitar a surra de 3 a 1, mas entrou para a história ao atuar pela primeira vez com o Santos tendo apenas 15 anos, 10 meses e 4 dias.

Assim, Ângelo só está atras de Coutinho na relação dos mais jovens que vestiram a camisa do clube da Baixada. O centroavante participou da goleada do Santos por 7 a 1 sobre o Sírio Libanês, de Goiás, em 17 de maio de 1958 quando tinha apenas 14 anos, 11 meses e 6 dias. Coutinho já morreu o ano passado, aos 75 anos. Ângelo deixou para trás Pelé, e por apenas 11 dias. O Rei do Futebol atuou pela primeira vez com a camisa santista com 15 anos, 10 meses e 15 dias, numa goleada por 7 a 1 sobre o Corinthians de Santo André em 7 de setembro de 1956. Na sexta-feira, dia 23, Pelé completou 80 anos.

Ângelo substituiu Lucas Braga durante o segundo tempo no Rio e atuou aberto pela ponta-direita. Mas teve desempenho apenas discreto, algo considerado natural pelo técnico Cuca, que apostou na evolução da jovem promessa do Santos nas próximas chances que vai receber, garantiu.

"O que me fez trazer o Ângelo foram os jogos e treinos e as partidas da base. Para colocar no jogo contra o Flu, foi a necessidade que a gente tinha de um jogador de velocidade pelo lado, uma vez que o Marinho estava por dentro e a gente não tinha o Kaio Jorge. Eu precisava da velocidade pelo lado direito. Lógico que ele vai render muito mais no decorrer da carreira. Foi uma primeira vez. Tende a ser bem melhor na segunda, na terceira, pela experiência que o menino vai ganhar", explicou o treinador.

A atuação, ainda que apagada e de pouco mais de 30 minutos, concluiu uma sequência de dias agitados para o menino Ângelo. Afinal, na quinta-feira ele participou de seu primeiro treino no elenco principal no CT Rei Pelé. No dia seguinte, firmou pré-contrato com o clube, o primeiro da sua carreira profissional, que entrará em vigor no fim de dezembro, quando ele completar 16 anos, como manda a lei.

Até então, o garoto vinha sendo aproveitado pela equipe de juniores no Campeonato Brasileiro Sub-20. Ou seja, com garotos bem acima da sua idade. Eram cinco jogos disputados, com dois gols marcados no torneio nacional. No último domingo, porém, ao invés de ir ao CT Rei Pelé para enfrentar o Grêmio pela competição da base, estava no Maracanã para iniciar sua trajetória profissional no Santos.

Pelé é apenas uma comparação com a idade de Ãngelo. O garoto é rápido e sabe atuar mais aberto, com velocidade e bons dribles. Não há qualquer comparação com o Rei do Futebol. Cuca acompanha o seu trabalho desde que chegou à Vila. Sabe do potencial no menino e decidiu confiar nele. Ele segue os passos de outros tantos jogadores do futebol brasileiros, alguns deles do próprio Santo, como Neymar e Rodrygo, hoje conhecidos no mundo. O primeiro atua pelo PSG. E o segundo tenta se firmar no Real Madrid, com Zidane.

Confira quais são os 5 atletas que estrearam mais jovens pelo Santos

1.º - Coutinho

Idade de estreia: 14 anos, 11 meses e 6 dias

Partida: Santos 7 × 1 Sírio Libanês-GO, em 17 de maio de 1958

2.º - Ângelo

Idade de estreia: 15 anos, 10 meses e 4 dias

Partida: Fluminense 1 x 3 Santos, em 25 de outubro de 2020

3.º - Pelé

Idade de estreia: 15 anos, 10 meses e 15 dias

Partida: Corinthians de Santo André 1 × 7 Santos, em 7 de setembro de 1956

4.º - Gabriel

Idade de estreia: 16 anos, 4 meses e 17 dias

Partida: Santos 4 × 0 Barueri, em 16 de janeiro de 2013

5.º - Sandry

Idade de estreia: 16 anos, 5 meses e 1 dia

Partida: Bragantino 1 × 4 Santos, em 31 de janeiro de 2019

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade