4 eventos ao vivo

Adversário do Santos, Delfín vive fase ruim e tem 3º técnico em 2020

22 set 2020
08h10
atualizado às 08h10
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Adversário do Santos, o Delfín não vive boa fase e tem o terceiro técnico em 2020. O Peixe enfrentará a equipe do Equador na próxima quinta-feira, às 23h (de Brasília), em Manta, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores da América.

No dia 12 de setembro, o Delfín anunciou o argentino Miguel Ángel Zahzú como treinador. Desde então, os equatorianos perderam por 4 a 2 para o Independiente del Valle, no Nacional, e por 3 a 0 para o Defensa y Justicia (ARG), na Libertadores, antes da vitória por 4 a 1 sobre o Mushuc Runa, de volta à competição local.

Zahzú tem 54 anos e carreira discreta. Seu último clube foi o Chiriquí, do Panamá. Seus maiores títulos foram do Campeonato da República Dominicana, pelo Atlántico, em 2017, e do Paraguaio pelo Luqueño em 2007.

Miguel Ángel Zahzú, técnico do Delfín (Foto: Reprodução/Twitter)
Miguel Ángel Zahzú, técnico do Delfín (Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: Gazeta Esportiva

Antes de Miguel Ángel Zahzú, o Delfín teve o também argentino Carlos Ischia e o espanhol Ángel López. Ambos não conseguiram manter o bom rendimento do ano passado.

O Delfín, campeão nacional em 2019, ocupa a oitava colocação atualmente, 12 pontos atrás da líder LDU, e é lanterna do Grupo G da Libertadores, com apenas um ponto.

Para ainda sonhar com as oitavas de final, os donos da casa precisam vencer o Santos, líder do grupo, com sete pontos. A vitória pode classificar o Peixe.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade