PUBLICIDADE
Logo do

Santa Cruz

Meu time

Santa Cruz repudia atos de violência de torcedores e promete pagar prejuízo da Arena Pernambuco

20 out 2021 18h56
| atualizado às 18h56
ver comentários
Publicidade

Após os atos de violência depois da eliminação para o Floresta na pré-Copa do Nordeste, na terça-feira, foram repudiados pelo Santa Cruz através de uma nota oficial nesta quarta. O clube afirmou que vai arcar os custos de prejuízos causados pela invasão de torcedores na Arena Pernambuco e mencionou uma agressão sofrida por uma conselheira.

O Tricolor pernambucano destacou que entende e respeita "a identificação da torcida com o clube", mas ressaltou que "nada justifica atitudes violentas de agressões, seja contra jogadores do clube ou adversários, funcionários ou outros torcedores".

O Santa Cruz ainda está apurando o caso da agressão sofrida pela conselheira e irá "tomar as devidas medidas estatutárias contra o agressor".

Na terça-feira, o Santa Cruz chegou a estar na frente no placar por três vezes, mas acabou empatando em 3 a 3 com o Floresta. Nos pênaltis, a equipe pernambucana foi derrotada por 4 a 2. Recentemente, o clube foi rebaixado para Série D do Campeonato Brasileiro.

Confira na íntegra a nota divulgada pelo Santa Cruz:

"O Santa Cruz Futebol Clube vem a público repudiar os atos de violência e de vandalismo ocorridos após a partida contra o Floresta, na Arena de Pernambuco.

Entendemos e respeitamos a identificação da torcida com o clube, porém nada justifica atitudes violentas de agressões, seja contra jogadores do clube ou adversários, funcionários ou outros torcedores.

O clube é ciente de suas responsabilidades sobre os danos materiais decorrentes dos atos de vandalismo, e comunicou à administração da Arena de Pernambuco que assumirá os custos da necessária reparação.

Especificamente sobre a agressão contra uma das nossas conselheiras, o clube está apurando o caso e tomará as devidas medidas estatutárias contra o agressor."

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade