0

Com o contrato rescindido, Abuda treina em casa e espera achar novo clube

30 mai 2020
07h46
atualizado às 07h46
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A condição financeira de vários clubes está muito delicada por conta da pandemia de coronavírus. Muitos estão tendo que se desfazer de grande parte do elenco para equilibrar as contas. Este é o caso do Sampaio Corrêa, que rescindiu 14 contratos e conta com apenas 11 jogadores em seu elenco, que disputará a Série B do Campeonato Brasileiro.

Abuda treinando em Araraquara (SP). (Foto: Divulgação/AV Assessoria de Imprensa)
Abuda treinando em Araraquara (SP). (Foto: Divulgação/AV Assessoria de Imprensa)
Foto: Gazeta Esportiva

Um dos jogadores dispensados é Abuda, de 31 anos, com passagens por Vasco e Chapecoense. O volante lamentou ter sido uma passagem tão rápida, mas entendeu a situação atípica que o mundo passa no momento. "Infelizmente, tivemos essa pandemia que prejudicou os planos do clube. Saí, porém, deixei uma porta aberta", disse.

Ele segue treinando em sua casa, que fica em Araraquara, interior de São Paulo, para manter a condição física. "Desde que voltei do Maranhão, não parei um dia sequer. Diariamente corro entre seis e sete quilômetros. Além disso, tenho um acompanhamento profissional que realiza comigo treinos funcionais e de resistência. Me sinto bem fisicamente e pronto para o meu próximo desafio", comentou.

O jogador agora aguarda a oferta de algum clube. "Espero logo estar empregado e voltar a fazer o que mais gosto, que é jogar futebol profissionalmente", finalizou.

Veja também:

Editor do L! analisa vitória do Fla sobre o Flu no primeiro duelo da decisão carioca
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade