1 evento ao vivo

Rússia impede chefe de torcida deportado de Campeonato Europeu de assistir a jogos da Copa

13 jun 2018
11h59
  • separator
  • comentários

O chefe de uma torcida russa disse nesta quarta-feira que teve acesso negado a um documento necessário para assistir a partidas da Copa do Mundo na Rússia.

 Ekaterinburg Arena, Yekaterinburg, Rússia  13/6/2018 REUTERS/Andrew Couldridge
Ekaterinburg Arena, Yekaterinburg, Rússia 13/6/2018 REUTERS/Andrew Couldridge
Foto: Reuters

Alexander Shprygin, que foi deportado da França em 2016 durante o Campeonato Europeu após casos de violência, disse em redes sociais que sua solicitação de uma carteira de torcedor da Copa do Mundo havia sido rejeitada.

Shprygin, que publicou uma captura de tela do e-mail de rejeição que recebeu, disse à Reuters que havia solicitado uma carteira de torcedor nesta quarta-feira porque planejava assistir à partida de abertura do torneio entre a Rússia e a Arábia Saudita na quinta-feira, após receber o ingresso de amigos.

Mas, um minuto depois, segundo ele, sua solicitação foi rejeitada.

"Eu não estou muito surpreso", disse Shprygin, que não foi informado por que sua solicitação havia sido rejeitada.

"Se não fosse pelo Campeonato Europeu, talvez eu tivesse uma carteira de torcedor."

Autoridades russas exigem que compradores de ingressos da Copa do Mundo obtenham uma carteira de torcedor, um documento que prova que foram verificados e aprovados por oficiais de segurança.

O Ministério de Comunicações e Mídia de Massa da Rússia, que supervisiona o programa de carteiras de torcedor, não respondeu a um pedido de comentário.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade