PUBLICIDADE

Ranking compara torcidas do Brasil entre 'vida real' e redes sociais

Clubes de São Paulo e Rio de Janeiro dominam cinco primeiras posições

1 ago 2022 - 17h08
Ver comentários
Publicidade

O aumento de usuários nas redes sociais fez com que o jeito de torcer no futebol fosse alterado permanentemente. Pensando nisso, após o Jornal O Globo, em parceria com o Instituto Ipec, divulgar uma pesquisa das maiores torcidas do Brasil, o sitedeapostas.net inovou. O portal fez um levantamento e comparou as torcidas "físicas" e virtuais de maior peso no cenário nacional.

Flamengo lidera os dois rankings (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Flamengo lidera os dois rankings (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Foto: Lance!

No levantamento, foram entrevistadas mais de 1000 pessoas. No entanto, de olho nas pesquisas do mundo virtual, o sitedeapostas.net levantou o número de seguidores dos clubes nas principais plataformas da web. Foram analisados o Twitter, Instagram, Facebook, Youtube e TikTok até o dia 31 de junho.

VEJA O NÚMERO DE SEGUIDORES SOMADOS DE CADA EQUIPE

1) Flamengo: 48.178.458

2) Corinthians: 29.915.079

3) São Paulo: 18.780.580

4) Palmeiras: 16.083.363

5) Vasco: 11.101.907

6) Santos: 10.371.400

7) Grêmio: 9.757.877

8) Atlético-MG: 9.542.728

9) Cruzeiro: 8.667.207

10) Internacional: 6.895.684

11) Chapecoense: 5.897.503

12) Fluminense: 5.092.638

13) Sport: 4.465.826

14) Botafogo: 4.306.563

15) Bahia: 3.942.441

Em relação a pesquisa original, diversos clubes mudaram de posição. O Santos, por exemplo, ganhou três posições. Enquanto isso, a Chapecoense, que sequer estava no ranking do Jornal O Globo, apareceu entre as 15 maiores torcidas. Flamengo, Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Vasco não sofreram alterações.

CONFIRA O RANKING ORIGINAL

1) Flamengo: 21,8%

2) Corinthians: 15,5%

3) São Paulo: 8,2%

4) Palmeiras: 7,4%

5) Vasco: 4,2%

6) Grêmio: 3,2%

7) Cruzeiro: 3,1%

8) Inter: 2,2%

9) Santos: 2,2%

10) Atlético-MG: 2,1%

11) Bahia: 1,7%

12) Botafogo: 1,3%

13) Fortaleza: 1,3%

14) Sport: 1,2%

15) Fluminense: 1,1%

O número de seguidores, é claro, faz apenas uma alusão aos torcedores da 'vida real'. Isso porque, diversos adversários, rivais ou amantes do futebol podem seguir os clubes nas redes sociais, com intuito de estar sempre bem informado sobre o dia a dia da equipe.

Lance!
Publicidade
Publicidade