2 eventos ao vivo
Logo do Seleção Portuguesa
Foto: terra

Seleção Portuguesa

CR7 reclama da arbitragem e técnico de Portugal pede VAR nas Eliminatórias

26 mar 2019
10h40
atualizado às 10h40
  • separator
  • comentários

Na última segunda-feira, Portugal fez seu segundo jogo pelas Eliminatórias da Eurocopa 2020 e, assim como na estreia, não passou de um empate, dessa vez com a Sérvia. No entanto, a arbitragem do polonês Szymon Marciniak se desenhou como o tema mais comentado da partida por conta de ao menos duas polêmicas contra a seleção Lusa, que fizeram tanto Cristiano Ronaldo, quanto o treinador Fernando Santos, reclamarem muito.

Em sua entrevista coletiva, o comandante dos atuais campeões europeus isentou o árbitro de culpa por um pênalti inicialmente marcado e posteriormente retirado por interferência do assistente. Fernando Santos, ainda, revelou um pedido de desculpas de Marciniak e culpou o bandeirinha da partida pelo empate no Estádio da Luz, que complicou a situação de Portugal.

"O árbitro me convidou para ir à cabine analisar os lances. Não tivemos dúvidas: foi pênalti. Ele me pediu desculpas, mas agora não serve de nada. O culpado não foi ele… Ninguém a 40 metros pode dar uma indicação que não é penalidade máxima. Eu disse ao árbitro que a culpa era daquele outro senhor (assistente)", disse Fernando Santos, que ainda pediu a implementação do VAR nas Eliminatórias da Euro.

"Isso não é uma questão de caráter, é uma questão de erro. O VAR tem de estar em todos os jogos. No último jogo, aconteceu isso. Tivemos um pênalti no final do jogo que também não foi dado", completou.

Principal referência da Seleção de Portugal, Cristiano Ronaldo também não poupou a arbitragem de críticas. Depois de deixar o gramado ainda no primeiro tempo por conta de uma lesão muscular, o camisa sete condenou a interferência do bandeirinha, que para o atacante estava longe demais para decidir algo tão fundamental.

"Foi muito claro, o árbitro deveria ter dado. O auxiliar estava a 40 metros, então, parece um pouco estranho", explicou Cristiano Ronaldo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade