1 evento ao vivo
Logo do Seleção Portuguesa
Foto: terra

Seleção Portuguesa

Convocado por Portugal, brasileiro do Braga anseia encontro com CR7

17 mar 2019
11h45
atualizado às 11h45
  • separator
  • comentários

Vice-artilheiro do Campeonato Português com 14 gols marcados, Dyego Sousa foi a grande novidade da última lista de convocados da seleção portuguesa, anunciada pelo técnico Fernando Santos, na última sexta-feira. Natural de São José de Ribamar, no Maranhão, o atacante de 29 anos atua há quase 10 anos em Portugal e não esconde a felicidade por sua primeira convocação. Principalmente porque terá a oportunidade de jogar ao lado de Cristiano Ronaldo.

"Vou jogar com o homem. É um sonho que se realiza, porque sou fã há muito tempo. São muitas feras nesse grupo, mas vou brigar pelo meu espaço. Não quero parar por aqui", afirmou, em entrevista concedida ao site GloboEsporte.com. "Mesmo sendo brasileiro, sempre tive as portas abertas em Portugal. Nunca deixei de brigar para chegar à seleção, independentemente da minha idade, e felizmente aconteceu", completou.

Apesar de já estar há uma década em solo europeu, Dyego concluiu o processo de naturalização apenas em 2017, mesmo ano, por sinal, em que acertou sua transferência ao Braga, atual terceiro colocado da Liga NOS.

No Brasil, foi formado nas categorias de base do Palmeiras, ainda em 2007, mas não foi aproveitado no elenco principal do Verdão. Após uma primeira experiência em Portugal, também em time de base, voltou à sua terra natal, onde defendeu as cores do Moto Clube-MA. Antes de se transferir ao Leixões, primeira equipe profissional em que atuou no país luso, ainda teve uma curta passagem pelo Operário-PR.

Após o Leixões, o atacante passou um ano no futebol angolano. Em 2012, acertou transferência ao Tondela, de onde seguiu para Portimonense, Marítimo e, enfim, Braga, com o qual acaba de renovar seu contrato até 2022. Agora, acaba de escrever um novo capítulo na carreira, integrando o grupo que representará Portugal nos primeiros dois compromissos pelas Eliminatórias da Eurocopa 2022, contra Ucrânia e Sérvia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade