0
Logo do Ponte Preta
Foto: terra

Ponte Preta

Kleina tem julgamento marcado no STJD e pode pegar seis jogos

6 set 2017
15h48
atualizado às 16h04
  • separator
  • comentários

A Ponte Preta não vive seu melhor momento no Campeonato Brasileiro e pode ter mais um problema. Nesta quarta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) marcou julgamento do técnico Gilson Kleina para a próxima terça-feira, a partir das 14h30.

O comandante foi enquadrado por conduta contrária à disciplina e também por desrespeitar a arbitragem na derrota para o Atlético-MG, por 2 a 1, no dia 27 de agosto, na última rodada antes da parada para os jogos das Eliminatórias.

Na súmula da partida, o árbitro Rodolpho Toski Marques relatou xingamentos de Kleina, que reclamou de pênalti não marcado a favor da Macaca. O treinador foi expulso da partida e ainda dirigiu reclamações ao quarto árbitro.

Para a Procuradoria do STJD, Gilson cometeu duas infrações, pelas quais foi denunciado. Além dos xingamentos ao árbitro, ele também teve conduta contrária à ética e à disciplina, chutando um dos microfones posicionados no gramado do Moisés Lucarelli.

Se condenado, Kleina pode ser suspenso por até seis partidas, sendo impedido de ficar à beira do gramado durante os confrontos da Macaca no Brasileirão. A pena não é válida para a Copa Sul-Americana, nos jogos contra o Sport.

Para o duelo do fim de semana, contra o São Paulo, no Morumbi, o objetivo da Ponte é vencer um dos concorrentes na luta contra o rebaixamento. Com 27 pontos, os campineiros estão dois acima da Chapecoense, primeira equipe na degola.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade