3 eventos ao vivo

Em retorno à Ponte Preta, Roger projeta gols e liderança no time

Atacante é apresentado e relembra felicidade em passagens anteriores pelo clube campineiro

23 mai 2019
17h13
atualizado às 17h13
  • separator
  • 0
  • comentários

Principal contratação para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, Roger foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira no CT do Jardim Eulina e não escondeu a expectativa de reestrear pela Ponte Preta.

Essa é a quinta passagem do atacante no clube, justamente onde foi revelado. Na última quarta, seu nome foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Como vinha em atividade no Ceará, Roger se colocou à disposição de Jorginho para o jogo de sábado, contra o Paraná, em Campinas.

"Vai ser especial nessa reestreia ter meus filhos comigo. Comecei tão jovem e hoje volto com os dois grandes, podendo compartilhar esse momento comigo. A gente vai tropeçar e nessa hora tem que ter alguém para abraçar", destacou Roger, que convocou a torcida a comparecer ao estádio no sábado. "A gente precisa muito do nosso torcedor. A gente é forte quando ele está nos apoiando."

Hoje com 34 anos, Roger não foi contratado só para acabar com a escassez de gols dos centroavantes pontepretanos. Sua importância nessa quinta passagem, na verdade, vai além das quatro linhas. Mais experiente depois de rodar por outros 15 clubes, ele garante estar pronto para assumir a responsabilidade de ser uma das lideranças da equipe.

"O convite de voltar não é propriamente só para fazer gols. É para voltar a ser feliz. A primeira conversa que tivemos era para ajudar também na questão do vestiário, com a torcida. Fui nascido e criado aqui. Vim pronto para assumir essa responsabilidade de fazer a ponte entre o campo e a torcida", garantiu o atacante.

A presença de Roger desde o início ou entrando no decorrer do jogo vai depender de Jorginho, que vem fechando os treinamentos desde terça-feira. Nesta sexta, acontece a última atividade e o treinador não deve dar pistas do time titular. A certeza, porém, é que acontecerão mudanças, principalmente no esquema tático, com a saída dos três zagueiros.

Após vencer o Operário-PR, por 1 a 0, na semana passada, a Ponte recebe o Paraná, às 16h30, no Moisés Lucarelli, pela quinta rodada. Com cinco pontos, o time está em 13º lugar e tenta se aproximar do G-4.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade