PUBLICIDADE
Logo do

Ponte Preta

Meu time

Avaí sai na frente, mas Ponte arranca empate na Ressacada pela Série B

Tropeço em casa frustra planos do Leão de abrir vantagem para os adversários no G4; Macaca soma ponto importante na luta contra o rebaixamento

5 out 2021 21h04
| atualizado às 21h16
ver comentários
Publicidade

Embalado pelas últimas vitórias no Campeonato Brasileiro da Série B, o Avaí entrou em campo determinado a alcançar mais um triunfo na competição. Porém, as coisas não saíram conforme o desejado. Medindo forças com a Ponte Preta, pela 29ª rodada no estádio da Ressacada, o Leão até mostrou sua força abrindo a contagem com Copete, ainda na etapa inicial. Mas no segundo tempo, Léo Naldi tratou de empatar para os visitantes, fechando o placar 1 a 1.

Resultado estacionou os dois times na classificação da Série B (FOTO: Andre Palma Ribeiro / Avaí F.C.)
Resultado estacionou os dois times na classificação da Série B (FOTO: Andre Palma Ribeiro / Avaí F.C.)
Foto: Lance!

Com o resultado, o time comandado por Claudinei Oliveira chegou aos 50 pontos diminuindo a distância para o líder Coritiba, que ainda não jogou na rodada, para 4 pontos. Já a equipe comandada por Gilson Kleina segue na 15ª colocação, porém agora com 34 pontos.

INÍCIO MAIS OFENSIVO DO AVAÍ

Fazendo valer o fator casa, a equipe do Avaí não queria saber de ser surpreendido pelo time da Ponte Preta. Entretanto, até os 15 minutos, apesar de ficar mais com a posse de bola e aparecer mais em seu campo de ataque, pouco conseguiu criar contra o goleiro Ygor, mantendo o placar sem alterações.

Aos poucos, a equipe visitante foi conseguindo equilibrar mais as ações. Com isso, chegou a ser mais perigo nas chances criadas sendo elas de Moisés e André Luiz, mas também sem êxito em todas.

LEÃO ABRE A CONTAGEM

Voltando a pressionar mais, os comandados de Claudinei Oliveira seguiam na insistência de encontrar seu primeiro tento no jogo. E conseguiram. Aos 30 minutos, recebendo pelo lado direito do campo, Copete dominou a bola, ajeitou-se e mandou colocado sem chances para o camisa 1 do clube de Campinas.

Após o gol, os jogadores do Avaí, mais tranquilos em campo, recuaram um pouco até a reta final. Sendo assim, a Ponte tratou de ir pra cima na expectativa de arrancar um empate, porém praticamente não deu trabalho a Glédson, fazendo com que o árbitro mandasse os dois times para os vestiários.

MACACA COLOCA FOGO NO JOGO IGUALANDO O PLACAR

Na volta dos times para a etapa complementar, nenhum treinador optou por substituições. Entretanto, os visitantes não estavam dispostos a ficar com o prejuízo no marcador e, após ver Bruno Silva acertar a trave no lance anterior, devolveu na mesma moeda, porém conseguindo marcar com Léo Naldi, aos 4 minutos, de cabeça.

Crescendo na partida depois de marcar, Claudinei então optou por uma troca tripla logo de cara, colocando Jadson, Romulo e Valdívia em campo. Mesmo com gás novo em campo, o Avaí tentava encontrar espaços para finalizar, só conseguindo apenas dois arremates que saíram dos pés de Jean Cléber e Jadson, mas em ambos a bola acabou não tendo a direção desejada por ambos.

RETA FINAL EMOCIONANTE

Com o confronto encaminhando-se para seus últimos momentos, a torcida do Avaí viu Bruno Silva ser expulso após lance com André Luiz. Apesar da desvantagem numérica, o Leão, de forma valente, ainda conseguiu chegar com perigo ao seu campo de ataque, mas sem sucesso nas finalizações contra o goleiro Ygor.

Por outro lado, a Ponte não estava satisfeita em sair com um empate. Com isso, passou a apostar mais nos contra-ataques visando surpreender o rival, entretanto, assim com foi pelo lado dos mandantes, não obteve sucesso nas investidas dando a deixa para o árbitro encerrar o duelo na Ressacada com o placar de 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 1x1 PONTE PRETA

Data e horário: 05/10/2021, às 19h (de Brasília)

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)

Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (CBF-ES)

Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (CBF-ES) e Vanderson Antônio Zanotti (CBF-ES)

VAR: Caio Max Augusto Vieira (CBF-RN)

Cartões Amarelos: Betão, 30'/2ºT; Wesley Soares, 49'/2ºT

Cartão Vermelho: Bruno Silva, 32'/2ºT

Gols: Copete, 30'/1ºT (1-0); Léo Naldi, 4'/2ºT (1-1)

AVAÍ: Glédson; Edilson, Betão, Fagner Alemão e Diego Renan (João Lucas, aos 27'/2ºT); Bruno Silva, Jean Cléber e Lourenço (Jadson, 13'/2ºT); Vinícius Leite (Valdívia, aos 13'/2ºT), Jonathan (Romulo, aos 13'/2ºT; Wesley Soares, aos 36'/2ºT)) e Copete.

(Técnico: Claudinei Oliveira)

PONTE PRETA: Ygor; Kevin, Ednei, Fábio Sanches e Rafael Santos; Marcos Júnior, Léo Naldi (Lucas Cândido, aos 29'/2ºT) e André Luiz (Camilo, aos 37'/2ºT); Richard (Iago, aos 24'/2ºT), João Veras (Josiel, aos 29'/2ºT) e Moisés.

(Técnico: Gilson Kleina)

Lance!
Publicidade
Publicidade