0

Na briga pelo acesso à elite, Vila Nova recebe o ameaçado Paysandu

1 nov 2018
20h03
atualizado em 2/11/2018 às 09h43
  • separator
  • 0
  • comentários

Motivado pela possibilidade e a proximidade de entrar no G4 e firmar o acesso pra a elite em 2019, o Vila Nova terá uma dura missão nesta sexta-feira, às 19h15 (de Brasília), pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No Serra Dourada, o time comandado por Hemerson Maria terá pela frente o ameaçado e pressionado Paysandu, dono da pior campanha do returno.

Sexto colocado com 51 pontos, o Vila terá reforços em relação ao time que foi derrotado pelo Londrina na última rodada, já que retornam Wesley Matos e Alan Mineiro. Enquanto o zagueiro cumpriu suspensão pelo acúmulo de cartões amarelos, o meia se recuperou de um desconforto muscular. Além deles, Mateus Pasinato retorna ao gol com a expulsão de Rafael Santos.

Não é só o arqueiro titular nos últimos cinco jogos, porém, que desfalca o Vila Nova. Maguinho, também pelo acúmulo de cartões, não atua e deve ser substituído por Moacir. Ao que tudo indica, essas devem ser as mudanças do time goiano, que perdeu a quinta posição na última rodada para o Atlético. Titular absoluto do meio-campo, Geovane abordou a disputa dos times pelo acesso.

"Acredito que até o Londrina (sétimo com 50 pontos) está tudo muito disputado, porque os times dependem só de si para subir. Existem vários confrontos diretos e conversamos sobre isso. Temos que voltar a vencer o mais rápido possível, tem muita coisa pela frente e é uma boa possibilidade esse jogo contra o Paysandu. Sabemos que só se fizermos um jogo consistente e equilibrado vamos conseguir a vitória", disse Geovane.

Do lado do Paysandu, o pensamento é um só: vencer para deixar a zona de rebaixamento. Dono do pior desempenho no returno do Campeonato Brasileiro, com apenas uma vitória em 14 jogos, o Papão da Curuzu terá de se reencontrar na competição já em sua reta final a fim de se manter na divisão de acesso. Com 33 pontos, o time entra na rodada ocupando a 18ª posição, dois a menos do CRB, primeiro clube fora da da zona da degola.

E se o discurso é de recuperação, para isso o treinador João Brigatti tem ao menos poucos problemas em relação a escalação. Na verdade, existe apenas um desfalque: o zagueiro Diego Ivo, que cumpre suspensão pelo acúmulo de cartões amarelos. Quem volta ao time, por sinal, é o lateral-esquerdo Guilherme Santos, que cumpriu a suspensão automática, mas aguarda o julgamento pela confusão com Dodô, do Fortaleza.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA X PAYSANDU

Local: Estádio Serra Dourada, Goiania (GO)

Data: Sexta, 2 de novembro de 2018

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Eduardo Goncalves da Cruz (MS)

VILA NOVA: Mateus Pasinato; Moacir, Wesley Matos, Diego Giaretta e Gastón Filgueira; Geovane, Wellington Reis, Mateus Anderson, Alan Mineiro e Vinícius Leite; Rafael Silva

Técnico: Hemerson Maria

PAYSANDU: Renan Rocha; Maicon Silva, Perema, Timbó e Guilherme Santos; Willyam, Renato Augusto, Felipe Guedes, Thomaz; Mike e Hugo Almeida

Técnico: João Brigatti

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade