5 eventos ao vivo
Logo do Paraná
Foto: Divulgação

Paraná

Juventude vence o Paraná de virada em Caxias do Sul

27 mai 2017
21h22
atualizado às 21h22
  • separator
  • comentários

Fechando a terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Juventude virou para cima do Paraná Clube por 2 a 1, com gol nos acréscimos, vencendo no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Com o resultado, o time da casa chegou aos sete pontos, na segunda colocação. O Tricolor, por sua vez, com um jogo a mais, soma cinco pontos, na oitava posição.

Os gols saíram somente no segundo tempo. Primeiro, aos 12 minutos, quando Felipe Alves recebeu na área e tentou duas vezes para acertar o cantinho e abrir a contagem para o Tricolor. Aos 14 minutos, cobrança de falta na área e Assis tocou contra seu próprio gol para deixar tudo igual. Mas, aos 46 minutos, Diego Felipe deu números finais ao placar.

Na próxima rodada, o Juventude tem o clássico diante do Interacional, sábado, no Beira-Rio. O Paraná Clube só volta a campo pela competição, já pela quinta rodada, no dia 06 de junho, diante do Londrina, no estádio do Café.

O jogo - Com o gramado absolutamente encharcado devido à forte chuva, os dois times tinham um adversário a mais em campo. O Tricolor foi o primeiro a criar uma jogada de real perigo, aos quatro minutos, primeiro com chute cruzado de Assis, que bateu na trave, na sequência, Matheus carvalho salvou com os pés e, na volta, Robson testou na rede pelo lado de fora.

O Paraná perdeu mais um gol incrível, aos 12 minutos, primeiro com Felipe Alves, que parou em uma saída arrojada de Matheus e na sobra, sem goleiro, Robson mandou pela linha de fundo. A resposta veio aos 19 minutos, com Lucas recebendo na entrada da área e arrematando pela linha de fundo, assustando Marcos.

O gramado pesado castigava e o ritmo caiu um pouco. Aos 25 minutos, Felipe Alves abriu espaço e arrematou de longe, fácil para Matheus. O Juventude subiu de produção e, aos 34 minutos, Thiago Marques deixou Brock para trás e bateu forte, para fora, com perigo. Muita reclamação de Pará, aos 40 minutos, depois de partir par a jogada individual e cair na área pedindo pênalti, não marcado.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem alterações. O time da casa, porém, a apresentava mais força ofensiva. Aos seis minutos, Leílson levantou na área e Marcos saiu para interceptar. Aos oito minutos, cobrança de falta de Leílson e a bola carimbou a trave. Entretanto, aos 12 minutos, Felipe Alves recebeu na área e tentou duas vezes para acertar o cantinho e abrir a contagem.

Quase não deu tampo para comemorar. Dois minutos depois, bola levantada na área paranista e Assis tocou contra sua própria rede para deixar tudo igual. O jogo voltou a melhorar e, aos 17 minutos, Matheus Carvalho chutou forte da entrada da área e Matheus fez boa defesa. Aos 19 minutos, Paraná levantou na área, Marcos saiu mal e Fahel completou pela linha de fundo, sem goleiro.

Mais uma bola na trave, aos 33 minutos, com Juninho mandando uma bomba no ângulo, mas sem sucesso. Os 39 minutos, Guilherme Biteco recebeu na área, chutou de primeira, cruzado e Matheus teve trabalho para defender e salvar. Aos 43 minutos, cobrança de escanteio e Marcos operou um milagre parando cabeçada de Micael e, no rebote Cristovam foi preciso para tirar - possivelmente de forma faltosa. Porém, aos 46 minutos, também aproveitando escanteio, Diego Felipe decretou a virada.

JUVENTUDE 2 X 1 PARANÁ

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

Data: 27 de maio de 2017, sábado

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: José Reinaldo Nascimento Júnior e Leila Naiara Moreira da Cruz (ambos do DF)

Cartões amarelos : Minho, Marcos (Paraná)

JUVENTUDE: Assis (contra), aos 14 minutos e Diego Felipe, aos 46 minutos do segundo tempo

PARANÁ: Felipe Alves, aos 12 minutos do segundo tempo

JUVENTUDE: Matheus; Tinga, Domingues, Micael, Pará (Bruno Collaço); Fahel (Diego Felipe), Lucas; Leílson, Juninho, Ramon (Caprini) e Tiago Marques.

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

PARANÁ: Marcos; Cristovam, Wallace, Eduardo Brock, Assis; Jhony, Alex Santana, Matheus Carvalho (Guilherme Biteco), Robson (Nathan); Minho, Felipe Alves (Rafinha).

Técnico: Cristian de Souza

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade