0

Por que a São Silvestre não é mais como era antigamente

A corrida mais tradicional do Brasil vai ser disputada às 8h da matina do dia 31, o que praticamente a tira das comemorações de Ano Novo

30 dez 2019
10h50
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

 

 

Era uma vez uma corrida charmosa que durante muito tempo fez parte da virada do ano. Com o tempo, passou a ser disputada à tarde e manteve-se prestigiada, com o domínio dos corredores quenianos, como  Paul Tergat, o maior vencedor da São Silvestre com cinco vitórias.

 

Corrida Internacional de São Silvestre vai começar às 8h da manhã nesse ano (Foto: Gazeta Press)
Corrida Internacional de São Silvestre vai começar às 8h da manhã nesse ano (Foto: Gazeta Press)
Foto: Gazeta Esportiva

Como repórter cobri a prova algumas vezes, principalmente quando fiz parte do saudoso jornal A Gazeta Esportiva. Era difícil escapar dessa missão, que me obrigava a ficar em São Paulo, perdendo a chance de pular as sete ondas do mar.

 

Mas o grande barato da corrida, com seus personagens famosos ou não, compensava a ausência de praia. E vez por outra um brasileiro surpreendia como Emerson Izerbem, vencedor em 97. 

 

Em 98, por exemplo, fui pra Paulista sem pauta. O chefe de reportagem me jogou lá pra buscar algo diferente. Consegui mostrar o contraste de São Paulo através de dois moradores da capital.

 

Uma obra estava sendo construída e os operários cumpriam a jornada  até as 18h, sem poderem acompanhar a corrida.  Entrevistei um deles que sairia do trabalho de forma apressada porque tinha um churrasco marcado no extremo da zona leste com a família, onde comemoraria a chegada do novo ano.

Depois, fui conversar com uma mulher moradora da avenida Paulista, que acompanharia a corrida da janela do seu belo apartamento e depois passaria o Ano Novo sozinha.

 

Histórias de uma grande cidade como São Paulo. É uma pena que algumas coisas não voltem mais. A São Silvestre desde 2012 passou a ser disputada na parte da manhã. Nesse ano, sem o horário de verão, vai começar às 8h da matina. Já não tem o mesmo apelo, vai se afastando cada vez mais do ano que vai chegar para se confundir com a ressaca do ano velho. Uma pena.

Veja também:

Vai ter jogo? Editor do L! analisa imbróglio na partida entre Palmeiras e Flamengo pelo Brasileirão
Paradinha Esportiva Paradinha Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade