PUBLICIDADE

Brasileirão começa ofuscado por escândalos e intrigas na CBF

Foco do futebol do País tem sido a crise na entidade nacional

8 jun 2021 09h23
ver comentários
Publicidade

A própria CBF tratou de desvalorizar o seu segundo melhor produto, o Campeonato Brasileiro, que, para a entidade, fica atrás apenas da Seleção principal em ordem de importância. Fez isso por causa das polêmicas, intrigas e escândalos que a acometeram nos últimos dias, exatamente no momento em que se inicia a competição.

CBF vive dias intensos de intrigas e escândalos
CBF vive dias intensos de intrigas e escândalos
Foto: Sílvio Alves Barsetti

O envolvimento do presidente Rogério Caboclo num caso de assédio sexual e moral contra uma funcionária da CBF, o disse me disse com relação a uma eventual saída do técnico Tite, da Seleção e as investidas do ex-presidente Marco Polo Del Nero em dirigentes da entidade para retirar Caboclo do cargo são exemplos bem recentes do turbilhão na CBF.

Enquanto Flamengo e Palmeiras mostram que são os favoritos ao título e o Fortaleza surpreende com vitórias maiúsculas e a liderança do Brasileiro, a entidade tenta diariamente apagar focos de incêndio alimentados por ela própria.

O afastamento de Caboclo da presidência, por determinação da Comissão de Ética da CBF, ainda vai ser assunto por várias semanas e meses. Trava-se agora uma luta pelo poder da entidade entre seus oito vice-presidentes, quase todos subservientes a Del Nero que, mesmo banido do futebol pela Fifa em 2019, por acusações de corrupção, continua forte, agora mais ainda, no comando paralelo da confederação.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade