PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Rival na Copinha, Alex chapelou Ceni em clássico que antecedeu início do jejum do Palmeiras

22 jan 2022 08h20
| atualizado às 08h20
ver comentários
Publicidade

Neste sábado, São Paulo e Palmeiras se enfrentam pela semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior, na Arena Barueri, às 19h. Hoje treinador do time sub-20 do Tricolor, Alex construiu uma bela história no Verdão e marcou um dos gols mais bonitos de sua carreira contra o rival.

No dia 20 de março de 2002, São Paulo e Palmeiras duelaram no Morumbi pela primeira fase do Torneio Rio-São Paulo. O Palestra venceu por 4 a 2, e o gol anotado por Alex ficaria marcado para sempre na história do confronto.

Aos 27 minutos, o meia aplicou um lençol em um defensor e, na sequência, chapelou Rogério Ceni, empurrando a bola para as redes e completando o gol antológico.

Em 2015, Paulo Nobre, então presidente do Palmeiras, deu uma placa a Alex em nome do clube, eternizando o golaço. "Jamais será esquecido por todos os palmeirenses", é o que diz o texto gravado na homenagem.

Essa vitória pelo Rio-São Paulo antecedeu um longínquo jejum do Palmeiras no Morumbi. O clube alviverde passaria 16 anos sem derrotar o rival no Cícero Pompeu de Toledo. O tabu foi quebrado em 2018, quando o Palestra venceu o Tricolor por 2 a 0, pelo Campeonato Brasileiro.

Alex se tornou treinador da equipe sub-20 do São Paulo em abril de 2021. Agora, seu time tem a possibilidade de chegar à final da Copinha, que será disputada no dia 25 de janeiro, em local ainda não definido.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade