0

Paulo Nobre provoca São Paulo com bananas após queda no Paulistão

30 jul 2020
16h05
atualizado às 16h05
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Paulo Nobre, ex-presidente do Palmeiras, não esquece da rixa que teve com Carlos Miguel Aidar, ex-presidente do São Paulo, quando ambos ocupavam o cargo máximo de seus respectivos clubes em 2014. Após a eliminação do Tricolor para o Mirassol, o antigo mandatário do Verdão cutucou o rival e o seu desafeto.

Nobre postou uma foto de um cacho de bananas em formato de um sol (em referência ao time que eliminou o São Paulo) e, sem citar o nome de Aidar, provocou o ex-presidente do São Paulo na legenda.

"Ufaaa passamos para a semifinal do PAULISTÃO, mas mesmo não jogando bem nem apresentando um futebol envolvente e bonito, temos muita chances de sermos campeões, é só não perder o foco! Agora a "maldição do quitandeiro" é no mínimo hilária! Zombou do PALMEIRAS….. agora engole o sol de bananas, sem engasgar!", escreveu o ex-mandatário.

Vale lembrar que a origem da polêmica entre os dois ex-presidentes aconteceu logo após Alan Kardec ser contratado pelo Tricolor. Depois de brilhar pelo Palmeiras, o atacante, que estava emprestado pelo Benfica, acertou sua transferência para o São Paulo. À época, Nobre criticou o rival, acusando Aidar de agir de maneira antiética.

Como resposta, o então presidente do São Paulo respondeu por meio de uma entrevista coletiva. O ex-mandatário do Tricolor entrou na sala com um cacho de bananas e comeu algumas das frutas durante as suas falas. Em um determinado momento, Aidar disse que a manifestação de Nobre era "patética" e que o Palmeiras se "apequenava ano após ano".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade