3 eventos ao vivo

Palmeiras volta a mandar representantes à Federação Paulista após um ano e meio

Clube ensaia reaproximação com entidade ao enviar o técnico Mano Menezes para a reunião sobre o Paulistão 2020

7 out 2019
16h20
atualizado às 16h23
  • separator
  • 0
  • comentários

O Palmeiras se reaproximou da Federação Paulista de Futebol nesta segunda-feira e, pela primeira vez em um ano e meio, mandou representantes para uma reunião na sede da entidade. O técnico Mano Menezes e o gerente de futebol do clube, Cícero Souza, foram à FPF participar do encontro sobre o Campeonato Paulista de 2020. A reunião contou com treinadores, capitães e executivos de futebol dos clubes participantes da próxima edição do torneio para, segundo a FPF, "colher opiniões e visões dos profissionais sobre como deve ser o campeonato do ano que vem".

O clube alviverde havia rompido com a FPF após a final do Paulistão, em abril de 2018. Na ocasião, a diretoria acusou a arbitragem do jogo de anular um pênalti a seu favor por influência externa - a competição ainda não tinha VAR. Desde então, nenhum representante do Palmeiras participou de uma reunião na FPF.

O início da reconciliação começou em agosto, quando o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, foi à festa de 105 do clube alviverde. Com o retorno do Palmeiras, a reunião nesta segunda-feira contou com representantes de todos os clubes. O Corinthians, atual tricampeão paulista, enviou Fábio Carille, Vilson Menezes e Duílio Monteiro Alves. Vice em 2019, o tricolor foi representado por Diego Lugano e Alexandre Pássaro, executivos do clube. O Santos enviou Paulo Autuori e William Thomas.

Botafogo, Bragantino, Ferroviária, Guarani, Inter de Limeira, Ituano, Mirassol, Novorizontino, Ponte Preta e Santo André também estiveram presentes por meio de seus treinadores, capitães ou executivos.

Pela FPF, estiveram presentes o presidente Reinaldo Carneiro Bastos, o vice-presidente, Mauro Silva, o presidente da Comissão de Arbitragem, Ednilson Corona, e o vice-presidente de competições, Pedro Martins. "A participação de todos os profissionais neste processo de organização do campeonato é fundamental para a evolução da competição. Agradecemos muito a presença de todos", afirmou Mauro Silva.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade