PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Palmeiras segue invicto e busca empate no fim com o Atlético-MG nas quartas de final da Libertadores

Verdão saiu perdendo por 2 a 0 no Mineirão, mas buscou o empate aos 46 minutos do segundo tempo com Danilo. Decisão agora será no Allianz Parque

3 ago 2022 - 23h56
(atualizado em 4/8/2022 às 00h34)
Ver comentários
Publicidade

Após ficar com 2 a 0 de desvantagem no placar, o Palmeiras buscou o empate com o Atlético-MG no fim do jogo e leva a igualdade em 2 a 2 para o Allianz Parque, na partida de volta das quartas de final da Libertadores. Danilo foi o herói palmeirense, depois de Murilo ter descontado e feito gol contra. Hulk abriu a contagem de pênalti. O Alviverde segue invicto fora de casa na Libertadores há três anos.

Primeira parte da decisão ficou no empate em 2 a 2 (Foto: Pedro Souza / Atlético)
Primeira parte da decisão ficou no empate em 2 a 2 (Foto: Pedro Souza / Atlético)
Foto: Lance!

TABELA

Galo sufoca o Verdão, abre 1 a 0, mas poderia ter sido mais

A primeira etapa começou com o o Palmeiras tentando ficar com a bola, mas logo o Atlético-MG tomou a posse para si e ditou o ritmo da partida. Em dois vacilos alviverdes, os atleticanos tiveram duas oportunidades de chegar com perigo com menos de dois minutos. Aos 7', Hulk conseguiu ganhar da marcação e soltou a bomba de perna esquerda, passando perto do travessão de Weverton.

Três minutos depois, Scarpa respondeu batendo falta de longe, exigindo boa defesa de Everson. Foi o único chute a gol palmeirense no primeiro tempo. A partir dali, um sufoco do Atlético-MG no Verdão. Aos 12', Zaracho cabeceou por cima, depois, aos 14', foi a vez de Keno tabelar com Hulk e desperdiçar chance incrível. Aí aos 16', novamente Keno, cara a cara, com o goleiro chutou por cima do gol.

O Palmeiras não conseguia sair com a bola, que parecia queimar nos pés dos jogadores. Raphael Veiga, Zé Rafael e Marcos Rocha fizeram um primeiro tempo bem ruim. Enquanto o Galo seguia firme no ataque, mas Keno, que recebeu de Mariano, perdeu outra. Aos 31', em rebote de escanteio, Zaracho tentou uma bicicleta, a bola sobrou para Ademir, que tocou na saída de Weverton, mas acertou a trave.

Aos 39', o Verdão marcou com Piquerez, mas a arbitragem apontou impedimento de Gustavo Scarpa no início da jogada. Sem se assustar, o Atlético-MG permaneceu no seu ritmo. Aos 39', Jair recebeu na área tentou dominar, mas foi derrubado por Marcos Rocha. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Hulk converteu e colocou o Galo na frente com 1 a 0 de vantagem, que poderia ter sido maior.

Atlético-MG amplia, mas Palmeiras busca o empate no fim

Nem bem o segundo tempo começou e o Atlético-MG já partia para o ataque. Jair e Keno tabelaram, o atacante foi até a alinha de fundo e cruzou para trás, Murilo acabou fazendo contra com um minuto de etapa final. Os visitantes, que já estavam perdidos, ficaram com ainda mais dificuldades. Keno e Zaracho quase ampliaram em lances seguidos, que contaram com a confusão da defesa palmeirense.

Aos 12', porém, Scarpa cobrou falta no travessão e a bola sobrou para Murilo fazer o gol e diminuir a vantagem no placar. O time de Abel Ferreira mostrava certa melhora, enquanto seguia com problemas no lado direito da defesa. Raphael Veiga, que levou pancada nas costas, acabou sendo substituído por Gabriel Menino. Depois foi a vez de Alonso sentir e Igor Rabello entrar no lugar.

Apesar do início ruim, o Verdão passou a fazer um bom jogo na reta final. Dudu e Danilo tiveram chances, mas sem perigo. Aos 39 minutos, Gustavo Scarpa foi para a linha de fundo e cruzou para trás, Dudu chegou na bola, mas finalizou muito mal, na melhor chance da equipe até então, desperdiçando a chance que seria do empate.

Mas o time do Palmeiras é especialista nesse tipo de decisão. Aos 46 minutos, Gustavo Scarpa bateu escanteio, Dudu cabeceou na segunda trave e Danilo completou para o gol para empatar. O gol deixa tudo igual na decisão por uma vaga na semifinal da Liberta.

E agora?

Com o empate, quem vencer a partida de volta no Allianz Parque, fica com a vaga na semifinal. Em caso de novo empate, decisão nos pênaltis, já que não há mais o critério do gol fora de casa. Antes do duelo da próxima quarta-feira, Verdão e Galo têm compromissos no Brasileirão no domingo e enfrentam Goiás e Athletico-PR respectivamente, ambos pela 21ª rodada da competição.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 x 2 PALMEIRAS

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data-Hora: 3/8/2022 - 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Facundo Tello (ARG)

Auxiliares: Diego Bonfá (ARG) e Gabriel Chade (ARG)

VAR: Juan Lara (CHI)

Público/Renda: 57.140 torcedores/R$ 4.232.050,90

Cartões amarelos: Mariano e Jair (AMG)

Cartões vermelhos: -

Gols: Hulk (45'/1ºT) (1-0), Murilo (contra) (1'/2ºT) (2-0), Murilo (12'/2ºT) (2-1), Danilo (46'/2ºT) (2-2)

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso (Igor Rabello, aos 30'/2ºT) e Rubens; Otávio, Jair e Zaracho (Nacho Fernández, aos 35'/2ºT); Ademir (Pedrinho, aos 43'/2ºT), Keno (Vargas, aos 35'/2ºT) e Hulk (Alan Kardec, aos 43'/2ºT). Técnico: Cuca.

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke, aos 35'/2ºT), Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga (Gabriel Menino, aos 23'/2ºT); Dudu, Gustavo Scarpa e López (Rafael Navarro, aos 35'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

Lance!
Publicidade
Publicidade