PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Palmeiras não inicia um mata-mata da Libertadores como mandante desde 2009

Clube enfrenta o Atlético-MG, no Allianz Parque, às 21h30, no primeiro jogo da semifinal da Libertadores

20 set 2021 07h05
| atualizado às 07h40
ver comentários
Publicidade

Nesta terça-feira, o Palmeiras terá pela frente o Atlético-MG, no Allianz Parque, às 21h30, no primeiro jogo da semifinal da Libertadores. O Verdão não está acostumado a disputar a primeira partida de um confronto eliminatório pelo torneio continental na condição de mandante.

Abel Ferreira no treino do Palmeiras
Abel Ferreira no treino do Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Palmeiras

A última vez que o Palmeiras abriu um mata-mata da Libertadores jogando em seus domínios foi em 2009. Na ocasião, o Alviverde foi eliminado pelo Nacional-URU nas quartas de final, após empatar por 1 a 1 em casa e por 0 a 0 como visitante.

Na temporada passada, o Verdão chegou à final da competição após decidir todos confrontos eliminatórios no Allianz Parque. A grande decisão ocorreu em campo neutro, no Maracanã, e o time comandado por Abel Ferreira venceu o Santos por 1 a 0, com gol de Breno Lopes.

Em 2019, o Palmeiras caiu para o Grêmio, nas quartas de final, sendo derrotado no Pacaembu na partida de volta. No ano anterior, o clube palestrino deu adeus à Libertadores na semifinal, após ser superado pelo Boca Juniors no Allianz Parque.

As quedas para o Barcelona de Guayaquil e Tijuana, nos anos de 2017 e 2013, respectivamente, também foram concretizadas em partidas nas quais o Palmeiras foi mandante.

Como o Galo teve uma melhor campanha na fase de grupos, terá o direito de decidir em casa. A segunda partida contra o Verdão acontece na terça-feira da semana seguinte, às 21h30, no Mineirão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade