PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Palmeiras iguala Santos de Pelé e São Paulo de Telê Santana na Libertadores

Sob o comando de Abel Ferreira, Palmeiras conquista dois títulos da Libertadores em sequência, algo que somente os rivais paulistas tinham conseguido para o Brasil no torneio

28 nov 2021 03h35
| atualizado às 03h35
ver comentários
Publicidade

A vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo na final da Libertadores, em Montevidéu, neste sábado, garantiu o terceiro título do Palmeiras no torneio continental, o segundo sob comando de Abel Ferreira. Uma marca especial não apenas para o comandante, mas também para o clube, que, além de se tornar a equipe brasileira com mais conquistas, repetiu o feito de Santos em 1962/63 e São Paulo em 1992/93, os únicos do Brasil que venceram o torneio de maneira consecutiva.

Palmeiras conquistou mais uma Libertadores em sua história (Foto: EITAN ABRAMOVICH / AFP)
Palmeiras conquistou mais uma Libertadores em sua história (Foto: EITAN ABRAMOVICH / AFP)
Foto: Lance!

Histórica formação do futebol brasileiro, o Santos de Pelé venceu o Peñarol, em 1962, e o Boca Juniors, em 1963. Já o São Paulo de Telê Santana, vencedor em 1992 e 1993, bateu Newell's Old Boys, da Argentina, e Universidad Católica, do Chile, respectivamente.

Em 2021, Abel Ferreira, que comandou o Verdão nos dois títulos continentais conquistados no ano, também igualou os feitos individuais de Telê e Lula, treinadores dos rivais paulistano e da baixada, respectivamente, nas ocasiões.

Vale lembrar que o Alviverde teve a chance de entrar nessa seleta lista em 2000, um ano após vencer a edição de 1999. Novamente sob comando de Luiz Felipe Scolari, a equipe chegou à final diante do Boca Juniors, porém perdeu a taça nos pênaltis em São Paulo, no Morumbi.

Agora com a marca, Abel Ferreira e seus comandados tentarão protagonizar algo inédito na história do futebol brasileiro, buscando vencer pela terceira vez consecutiva a competição. Em toda história da Libertadores, levando em consideração todos os clubes, apenas o Independiente venceu mais do que duas edições seguidamente, sendo campeão em quatro edições entre 1972 e 1975.

Após o título, o Verdão volta a campo na próxima terça-feira (30), diante do Cuiabá, a Arena Pantanal, pela trigésima sexta rodada do Brasileirão. Sem chances matemáticas de título e já garantido na Libertadores de 2022, a equipe encontrará seus torcedores no Brasil pela primeira vez após a conquista do tricampeonato continental.

Lance!
Publicidade
Publicidade