4 eventos ao vivo
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Novo camisa 12, Mayke lembra ídolo Marcos e já está no BID

19 mai 2017
13h28
atualizado às 15h01
  • separator
  • comentários

O lateral direito Mayke é o novo camisa 12 da Sociedade Esportiva Palmeiras. Apresentado no começo da tarde desta sexta-feira, ele lembrou o goleiro Marcos e, devidamente regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, já está livre para estrear pelo novo clube.

Como homenagem a Marcos, o Palmeiras aposentou a camisa 12 de goleiro. Utilizado por Gabriel Jesus na Copa Libertadores 2016, o número foi usado nesta temporada em 13 jogos por Miguel Borja, que recentemente passou a vestir a 9. Recém-chegado, Mayke é o novo dono da peça.

"Usar a camisa 12 é uma responsabilidade enorme, um número usado por São Marcos, ídolo de todos os palmeirenses. Tenho a dizer que vou procurar honrar essa camisa e dar o meu máximo para representá-la bem dentro de campo", disse Mayke, que ganhou o uniforme das mãos do diretor de futebol Alexandre Mattos.

Envolvido na negociação que levou o atacante Rafael Marques para o Cruzeiro em definitivo, Mayke assinou com o Palmeiras por empréstimo até o final de 2018. Bicampeão brasileiro pelo time mineiro em 2013 e 2014, o lateral direito fez uma temporada abaixo do esperado em 2016.

"Tive algumas lesões no Cruzeiro, então o ano não foi bom. Aqui no Palmeiras, com certeza vai ser diferente, respirando novos ares. Todos me trataram muito bem e confio que esse ano vai ser promissor. Quero fazer de tudo para escrever uma linda história no clube", projetou Mayke.

Para a lateral direita, além de Mayke, Cuca conta com Fabiano e Jean, que também pode atuar como meio-campista, principalmente durante a suspensão de seis jogos de Felipe Melo na Copa Libertadores. Com o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, o camisa 12 está livre para estrear às 19 horas (de Brasília) de sábado, contra a Chapecoense, na Arena Condá.

"Todos os jogadores do Palmeiras têm grande capacidade. O Jean e o Fabiano poderiam ser titulares em qualquer clube. Vou estar à disposição para ajudar no que o Cuca precisar. Com certeza, vai sobrar alguma brecha, porque são muitos campeonatos. Quando a oportunidade surgir, tenho que aproveitá-la", afirmou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade