PUBLICIDADE
Logo do Palmeiras

Palmeiras

Favoritar Time

Método de Abel Ferreira pode 'atrasar' minutagem de reforços do Palmeiras

Técnico prega pela meritocracia dentro do elenco

10 jul 2024 - 08h10
Compartilhar
Exibir comentários

O técnico Abel Ferreira não costuma colocar recém-contratados no time titular do Palmeiras de forma imediata. A metodologia do treinador e sua comissão técnica preza pela "meritocracia" dentro do elenco. Ou seja, os reforços precisarão mostrar que podem entregar mais do que os jogadores já consolidados do Verdão.

Foto: Lance!

Portanto, Maurício, Giay e Felipe Anderson podem precisar esperar alguns jogos no banco de reservas para começarem a ter mais minutos. Eles estarão disponíveis a partir da próxima semana, na 17ª rodada do Brasileirão, contra o Botafogo.

— Tem que se adaptar. Já falei para abaixarem as expectativas, porque nossa equipe está bem. Não vou mexer naquilo que está bem. Quem chega tem que conquistar o lugar. Seja quem for: Messi, Cristiano Ronaldo... Eu não dou camiseta a ninguém. Regalias que meus jogadores tem é feita pelo trabalho deles. Há competitividade interna. Temos um elenco curto e esses três reforços vem para nos ajudar — disse Abel Ferreira, em entrevista recente.

Exemplos recentes com Abel no Palmeiras

O Palmeiras contratou Aníbal Moreno, Caio Paulista, Bruno Rodrigues e Lázaro no início do ano. O volante argentino foi o único que passou a jogar frequentemente com maior rapidez. Ele assumiu a condição de titular a partir do oitavo jogo do Verdão na temporada, diante do São Bernardo, pelo Paulistão.

Antes desta partida, o Palmeiras teve jogos "menos valiosos" do Estadual. O duelo mais aguardado era a decisão da Supercopa do Brasil, contra o rival São Paulo. Na ocasião, a dupla de volantes titular foi Zé Rafael e Richard Ríos, estabelecidos no time desde 2023.

Lázaro foi atuar como titular pela primeira vez no sexto jogo em que estava no Verdão, contra o Botafogo-SP. Antes disso, entrou em três partidas e não foi utilizado em duas.

Dos 17 jogos disputados na temporada, Caio Paulista foi titular em apenas seis. Com dificuldade de adaptação, desde o fim do Campeonato Paulista o lateral participou de somente seis confrontos de 22 possíveis.

Possíveis excessões

Em 2023, o Palmeiras contratou apenas dois reforços: Artur e Richard Ríos. Enquanto o volante colombiano passou a ganhar mais minutos como titular no segundo semestre, o atacante praticamente "chegou jogando".

Isso porque Artur foi uma contratação pedida por Abel Ferreira para ocupar uma lacuna deixada por Gustavo Scarpa, que deixou a equipe como titular absoluto e um dos protagonistas do time. A contratação do ano passado se adaptou rápido, afinal já era formado nas categorias de base do Palmeiras, e assumiu a condição de titular.

É possível que algo semelhante aconteça com Felipe Anderson, reforço mais "badalado" da temporada. O meia-atacante era protagonista da Lazio, da Itália, em alto nível no futebol europeu. É possível que o jogador "atropele" processos e passe a jogar com frequência mais rapidamente, caso já se adapte ao novo clube.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade