3 eventos ao vivo

Mano no Palmeiras: 90 dias, 63% de aproveitamento e fim melancólico

2 dez 2019
20h14
atualizado em 5/12/2019 às 10h05
  • separator
  • 0
  • comentários

A derrota humilhante contra o Flamengo, sofrida na tarde do último domingo, selou o fim do ciclo de Mano Menezes no Palmeiras. O desempenho melancólico do time alviverde, há cinco rodadas em jejum no Campeonato Brasileiro, foi decisivo para abreviar a passagem do técnico.

Desempregado após deixar o Cruzeiro, Mano Menezes era um sonho antigo da diretoria encabeçada por Maurício Galiotte e foi oficialmente anunciado em 3 de setembro. A passagem turbulenta pelo Palmeiras, encerrada em 1º de dezembro, durou exatos 90 dias.

No total, a comissão técnica liderada por Mano Menezes acumulou um retrospecto de 11 vitórias, cinco empates e quatro derrotas, o que resulta em um aproveitamento de 63,3%. No empate por 1 a 1 contra o Atlético-MG, com o treinador suspenso, o time foi dirigido por Sidnei Lobo.

Mano Menezes chegou a começar de forma promissora, mas o Palmeiras entrou em parafuso nas últimas rodadas. Após empatar contra Corinthians (1 x 1) e Bahia (1 x 1), o time alviverde caiu contra Grêmio (2 x 1), Fluminense (1 x 0) e Flamengo (3 x 1).

Mano Menezes considerava importante o jogo contra o Flamengo, a ponto de poupar diante do Fluminense. O técnico se esforçou no sentido de motivar seu elenco para superar o campeão brasileiro e continental, mas claramente fracassou, o que foi decisivo para determinar seu fim.

Sem Mano Menezes, o Palmeiras tem como alvo o técnico argentino Jorge Sampaoli, que deve deixar o Santos ao fim da temporada. Às 19h15 (de Brasília) desta quinta-feira, sob o comando do interino Andrey Lopes, o time alviverde encara o Goiás no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade