PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Leila Pereira visita treino do Palmeiras e conversa com Abel; Jorge comemora sequência como titular

Mandatária esteve na Academia de Futebol e assistiu às atividades, que contaram com o retorno de Piquerez, em transição física após lesão

23 mai 2022 18h37
| atualizado às 18h37
ver comentários
Publicidade

A preparação final do Palmeiras para o duelo de encerramento da primeira fase da Copa Libertadores, nesta terça-feira, diante do Deportivo Táchira, no Allianz Parque, foi de alegria para os laterais Jorge e Piquerez e com a presença ilustre da presidente Leila Pereira nesta segunda-feira na Academia de Futebol.

Titular até sofrer uma lesão na coxa direita, o uruguaio Piquerez iniciou a transição para o campo e mostrou que está perto de um retorno. Jorge, seu substituto nos últimos cinco jogos, por outro lado, comemorou a sequência de partidas.

"Essa sequência que estou tendo, com cinco jogos e quatro vitórias, é muito importante para mim. Muito bom estar jogando e ganhando. A minha avaliação individual é de que venho evoluindo no dia a dia, venho conversando bastante com a comissão técnica e querendo sempre melhorar no que erro nas partidas para poder acertar nas próximas", disse. "Então, é dar continuidade ao trabalho e se manter em alto nível."

O camisa 6 não escondeu a alegria por poder ajudar no campo e parece nem ter se importado com a cobrança de alguns exaltados torcedores na semana passada - atacaram o carro do lateral-esquerdo.

"A minha felicidade aqui é imensa. Desde quando aceitei a oportunidade de vir ao Palmeiras, eu sabia da importância e da grandeza do clube, da qualidade do grupo e, sobretudo, da pressão", falou. "Todo jogador de alto nível precisa estar sempre focado e me sinto muito feliz porque os meus companheiros estão sempre me apoiando, conversando e brincando comigo e isso é importante para estarmos leves e felizes no trabalho", concluiu.

Enquanto Abel Ferreira dirigia os trabalhos, a presidente Leila Pereira apareceu e ficou a seu lado observando a preparação. Chegou a simular posicionamento com os dedos e arrancou risos do técnico português, sempre atendo às observações da dirigente.

Estadão
Publicidade
Publicidade