1 evento ao vivo

Leão revela se foi procurado pelo Palmeiras para ocupar cargo de Mattos

13 jan 2020
20h51
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois que Alexandre Mattos foi demitido do Palmeiras, em dezembro do ano passado, diversos nomes foram especulados para ocupar o cargo de diretor de futebol do clube. Na ocasião, Emerson Leão foi um dos que foram ligados à vaga.

Nesta segunda-feira, o ex-goleiro falou sobre ter sido procurado pelo Palmeiras. O ídolo do Verdão garante que o interesse nunca foi formalizado com um encontro.

"Quando há uma saída, sempre existem amigos e conselheiros que procuram. Isso aconteceu para ser um executivo, mas eu nunca sentei com o presidente para conversar", disse em entrevista à Fox Sports.

Leão é um dos maiores goleiros da história do Palmeiras

No dia 11 de dezembro, o Palmeiras anunciou Anderson Barros como diretor de futebol do clube. O executivo estava no Botafogo. O dirigente é formado em Educação Física, pós-graduado em Administração Esportiva e bacharel em Direito. Anderson também teve passagens por Flamengo, Figueirense, Bahia, Vitória, Coritiba e Vasco.

Como goleiro, Leão teve duas passagens pelo Palmeiras. Primeiro, vestiu a camisa do Verdão entre 1969 e 1978. Depois, voltou ao clube em 1984, permanecendo até 1986. Ao todo, foram 620 jogos pelo Alviverde. Já como treinador, Leão comandou a equipe pela primeira vez em 1989. Depois, o ex-goleiro retornou ao posto em 2005 e ficou até o ano seguinte.

O ex-atletas é um dos maiores vencedores da história do Palmeiras. Ainda como goleiro, Leão foi tricampeão brasileiro (1969, 1972 e 1973), além de tricampeão paulista (1972, 1974 e 1976)

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade