PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Garcia, do Palmeiras, destaca a grandeza da Copinha: "A Copa do Mundo da nossa categoria"

4 jan 2022 07h03
| atualizado às 07h03
ver comentários
Publicidade

O lateral direito Gustavo Garcia é um dos principais destaques da equipe sub-20 do Palmeiras que disputará a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2021. O Verdão está em busca do seu primeiro título do torneio, e o jogador de 19 anos tem consciência da importância da competição.

Em entrevista à Gazeta Esportiva, Garcia deixou claro que enxerga a Copinha como um campeonato especial, tendo uma grande vitrine neste início de ano.

"A gente sabe da grandeza da Copa São Paulo. Como torcedor, já estive lá em Osasco assistindo. A gente encara a Copinha como a Copa do Mundo da nossa categoria, não é à toa que ela tem essa dimensão toda. A partir do momento em que os olhares estão focados somente na gente, queremos mostrar mais e sermos vistos. Então, a gente encara a Copinha, sim, como um campeonato à parte, um campeonato diferente. Mais uma vez, estamos aqui para mostrar o valor e o tamanho do Palmeiras", disse o jogador.

Na sequência, Garcia comentou sobre o peso que o Verdão carrega por nunca ter vencido a Copinha, tendo que ouvir constantemente piadas reproduzidas pelos rivais. O lateral garante que as provocações não interferem no trabalho do time.

"A gente leva tudo com leveza. A gente sabe que outros clubes já conquistaram e tem em mente que, se conquistarmos, será bom para todo mundo, tanto para o jogador quanto para o grupo. Então, seguimos tranquilos. Sabemos que existem piadas por aí, mas o trabalho vem sendo bem feito, com o professor Paulo nos passando o plano para que possa dar tudo certo neste ano", afirmou.

Por fim, Garcia recordou os tempos em que acompanhava os jogos do Palmeiras na Copinha da arquibancada. O lateral chegou a assistir a uma partida de um que viria a seu companheiro nos profissionais do Verdão.

"Eu nasci no Palmeiras, cheguei aqui com 11, 12 anos de idade. Então, sempre tive esse amor pelo clube. Tem uma história bacana para contar. Fui assistir à Copa São Paulo, como torcedor mesmo, ali em Osasco, a cinco minutos de casa. Estavam jogando Flamengo e Audax, e o Jorge, lateral esquerdo que está no Palmeiras, estava se destacando naquele momento. Depois de anos e anos, do nada, peguei uma viagem com o Jorge, estava sentado ao meu lado. Então, você vê como o futebol muda, como gira bastante. Estava ali vendo o Jorge com os meus 12 anos e, agora, pude estar jogando ao seu lado. Um cara sensacional, contei essa história para ele, que achou bacana demais", finalizou.

Em dezembro, Garcia renovou com o Palmeiras até junho de 2024. Pelo profissional do clube palestrino, o lateral direito já disputou 11 partidas.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade