PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Gabriel Menino revela bastidores de momento difícil no Palmeiras: "Fui perdendo para mim mesmo"

25 mai 2022 14h14
ver comentários
Publicidade

O meio-campista Gabriel Menino busca dar a volta por cima no Palmeiras. O jovem de 21 anos, que perdeu muito espaço na temporada passada e no início desta, busca aproveitar as chances que deve receber com a convocação de Danilo para a Seleção Brasileira.

Menino revelou, inclusive, bastidores dos seus piores momentos no Verdão, quando pouco era lembrado por Abel Ferreira na rotação da equipe. O polivalente jogador sentiu medo de deixar o clube, como o zagueiro Renan e o volante Patrick de Paula.

"Com certeza (tive medo de sair)! Foi um dos primeiros alertas que tive. E aí eu falei para mim mesmo que eu tinha que acordar. Comecei a trabalhar forte, eu vinha melhorando nos treinos, dava meu máximo e a oportunidade não chegava. Então esse medo foi batendo. Um dia até falei para os meus companheiros e o mundo conspirou a meu favor, né? Danilo e Atuesta foram convocados e surgiu uma oportunidade. Eu coloquei a cabeça no lugar", disse o jogador à TNT Sports.

"Na vida, a gente tem muito altos e baixos. Acho que umas lesões me atrapalharam um pouquinho e eu saí do foco. Achei que não ia me prejudicar tanto quanto fui prejudicado. Perdi espaço no time, cheguei a ser quarta opção de volante e terceira de lateral e isso foi me deixando pra baixo, deprimido, fui desanimando e fui perdendo também pra mim mesmo. Pensei em várias coisas, como eu poderia dar a volta por cima", completou.

Menino, que foi titular na goleada contra o Deportivo Táchira na última terça-feira, também falou sobre a relação com Abel. Segundo o jogador, o treinador é "paizão" e paga até churrasco para os jogadores.

"Ele puxou a minha orelha nesses últimos tempos (risadas). Ele é um cara paizão e está longe da família dele, né? Ele cita muito isso de 'Família Palmeiras' porque, querendo ou não, a gente vive mais junto com ele do que com nossa própria família. Passo quase o dia todo no CT e ele também. A gente chega umas 9h e sai de lá só umas 17h. Somos muito próximos e ele paga churrasco direto pra gente. Aliás, ele está devendo mais um porque classificamos invictos de novo! É um paizão, um cara muito feliz, inteligente e que quer ajudar o próximo", finalizou.

Gabriel Menino deve ser titular do Palmeiras no clássico contra o Santos, no próximo domingo. O jogo será às 16 horas (de Brasília), na Vila Belmiro.

Na temporada, Menino possui 12 jogos pelo Verdão e um gol marcado.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade