0

Felipão volta ao Peru após 18 anos em busca de vaga para o Palmeiras

23 abr 2019
21h11
atualizado às 21h11
  • separator
  • 0
  • comentários

A um empate da classificação antecipada, o Palmeiras enfrenta o Melgar-PER na noite desta quinta-feira, fora de casa, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Será a primeira visita de Luiz Felipe Scolari ao Peru em 18 anos.

Na única vez em que esteve no país sul-americano, Felipão comandou o Cruzeiro na vitória por 1 a 0 sobre o Sporting Cristal, em 13 de março de 2001, no estádio Nacional de Lima, pela Libertadores. O gol da equipe mineira foi marcado por Alessandro Cambalhota, aos 44 minutos do segundo tempo.

Desde então, o treinador não voltou mais ao Peru. Em 40 jogos na América do Sul, entre Libertadores, Supercopa, Copa Mercosul e Sul-Americana, ele só não pisou na Venezuela.

São 15 partidas na Argentina, seis no Paraguai e Equador, quatro na Colômbia, três no Uruguai e Chile, dois na Bolívia, e um no Peru. Com um total de 22 jogos, o Palmeiras é o time que mais viajou pelo continente com Felipão. No Grêmio foram 12 partidas, e no Cruzeiro, seis.

Curiosamente, na edição 2001 da Libertadores, o Cruzeiro de Felipão foi eliminado pelo Palmeiras então comandado por Celso Roth nas quartas de final. Após dois empates por 2 a 2, o Verdão levou a melhor nos pênaltis graças a três defesas de Marcos.

O Palmeiras ocupa a vice-liderança do Grupo F da Libertadores 2019, com nove pontos, um a menos que o San Lorenzo, da Argentina, e cinco a mais que o Melgar. Como o colombiano Junior Barranquilla não tem nenhum ponto somado, um empate em Arequipa garante a vaga antecipada ao tive alviverde nas oitavas de final.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade