0
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Cuca confirma time alternativo e descarta até calça vinho no sábado

18 mai 2017
09h22
  • separator
  • comentários

Às 19 horas (de Brasília) deste sábado, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá. Em função do desgaste do elenco, o técnico Cuca planeja montar uma equipe alternativa - nem mesmo a célebre calça vinho estará presente.

Depois de estrear no Campeonato Brasileiro contra o Vasco (4 x 0), o Palmeiras encarou o Inter nas oitavas de final da Copa do Brasil (1 x 0), ambos no Palestra Itália e com a mesma escalação. Diante dos gaúchos, Cuca já sentiu alguns atletas desgastados.

"No sábado, vai ser inevitável. Agora, por exemplo, os jogadores vão dormir por volta das três, quatro horas da manhã", disse, logo após o jogo contra o Inter. "Ainda tem a viagem para Chapecó. Eles ganharam fora (do Lanús, pela Copa Libertadores) e vão estar super motivados. Vamos com um time alternativo, mas de plena confiança", completou Cuca.

Nos dois primeiros jogos de sua segunda gestão como técnico do Palmeiras, Cuca escalou Fernando Prass; Jean, Yerry Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo e Tchê Tchê; Willian, Guerra e Dudu; Borja. Em Santa Catarina, ele espera ver a concorrência no elenco aumentar.

"Não é só poupar, mas sim dar chances a outros atletas que, de repente, podem ir melhor do que os que estão jogando. Buscamos essa disputa e por isso foi montado um elenco forte. Novos jogadores podem entrar e pedir passagem. Espero que aconteça", declarou.

Nos dois primeiros jogos, além de manter a mesma escalação, Cuca vestiu a célebre calça vinho, peça que virou amuleto durante a campanha vitoriosa rumo ao título do Campeonato Brasileiro 2016. Diante da Chapecoense, nem mesmo o traje de roupa será utilizado.

"No sábado, vou estar com outra calça. Precisa lavar essa", afirmou, supersticioso. "Superstição é algo que te fortalece de alguma forma. Vamos ganhando, mas um dia a calça vinho vai perder, o que é natural. A vida segue, não podemos ficar só com ela", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade