PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Convocados, Weverton e Danilo podem desfalcar o Palmeiras em até quatro jogos

12 mai 2022 07h17
ver comentários
Publicidade

Nesta quarta-feira, Tite anunciou a convocação da Seleção Brasileira para amistosos preparatórios para a Copa do Mundo que serão realizados em junho. O Palmeiras viu Weverton e Danilo serem lembrados pelo treinador da amarelinha, e a dupla pode desfalcar a equipe alviverde em até quatro partidas.

Os compromissos confirmados da Seleção são os duelos com o Japão e Coreia do Sul, nos dias 2 e 6 de junho, respectivamente. Além dos jogos que acontecerão em Tóquio e Seul, o Brasil enfrentaria a Argentina no dia 11, mas a partida foi cancelada. Apesar disso, a CBF ainda procura marcar um novo confonto para a equipe de Tite nesta data.

Dessa forma, o último jogo em que Weverton e Danilo poderão atuar pelo Palmeiras antes da ida à Seleção é contra o Deportivo Táchira, pela Libertadores, no dia 24 de maio. Contra o Santos, pela Série A, no dia 29 do mesmo mês, os jogadores já estarão com a delegação do Brasil.

Na sequência, os dois são desfalques certos nos jogos contra Atlético-MG e Botafogo, ambos pelo Brasileirão, nos dias 5 e 9 de junho. Caso a Seleção marque um novo amistoso para substituir do duelo com a Argentina, a dupla também ficará de fora do encontro com o Coritiba, no dia 11.

Veja os jogos em que o Palmeiras não contará com Weverton e Danilo:

29/05) Santos x Palmeiras - Brasileiro

05/06) Palmeiras x Atlético-MG - Brasileiro

09/06) Palmeiras x Botafogo - Brasileiro

11/06) Coritiba x Palmeiras - Brasileiro (incerteza)

O Palmeiras ainda pedirá à CBF o adiamento do jogo contra o Santos, alegando não haveria "justiça esportiva", como costuma dizer Abel, visto que o time palestrino estará desfalcado de importantes jogadores. A entidade avaliará a requisição do Verdão.

Após a vitória sobre a Juazeirense, Abel revelou que o Palmeiras permitiu a ida de Danilo à Seleção. O treinador também voltou a fazer um apelo à CBF, pedindo a paralisação do calendário do futebol brasileiro nas Datas Fifa.

"Cada jogador tem que estar preparado para as oportunidades que surgem. E ele, por mérito próprio, e porque o clube também deixou, já que não era obrigatório liberar agora… É bom que isso fique claro. O clube deixou ele ir", disse Abel, que completou: "Está aí a prova que eu e o clube pensamos no 'nós'. Se fosse para pensar no Palmeiras, o clube não tinha tomado essa decisão. O clube pensou naquilo que é melhor para a Seleção Brasileira. O selecionador (Tite) é quem escolhe, escolheu, e nós temos os jogadores disponíveis".

"Só faço com pena e faço um pedido à CBF. No futuro, independentemente se o selecionador convocado do Brasil um, dois, três jogadores ou nenhum, que haja paralisações quando for convocada a Seleção. É o único pedido que faço. Do resto, estou aqui para ajudar no que for preciso", finalizou.

O Palmeiras volta a campo no sábado que vem, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O Verdão encara o Red Bull Bragantino, no Allianz Parque, às 16h30 (horário de Brasília).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade