PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Complementares, Danilo e Zé Rafael emplacam sequência como titulares no Palmeiras

15 jul 2021 07h09
| atualizado às 07h09
ver comentários
Publicidade

Nesta quarta-feira, o Palmeiras derrotou a Universidad Católica por 1 a 0, no Chile, na partida de ida das oitavas de final da Libertadores. Assim como havia acontecido nos últimos quatro jogos, Abel Ferreira apostou em Danilo e Zé Rafael como dupla de volantes.

Desde o início da temporada, o treinador do Verdão tem alterado constantemente a equipe titular, visando a minimizar o desgaste físico e se adaptar ao contexto apresentado por cada um dos jogos. No entanto, Abel parece ter encontrado uma boa parceria para a "volância" do time.

Danilo e Zé Rafael foram titulares nas vitórias sobre o Internacional, Sport, Grêmio, Santos e Universidad Católica, mostrando bom entrosamento e agregando características particulares ao time.

Sendo o homem mais próximo dos zagueiros, Danilo qualifica a saída de bola do Palmeiras, saindo da pressão com facilidade no meio-campo e descolando bons passes para os seus companheiros à frente. Enquanto isso, Zé Rafael tem mais liberdade para conduzir a bola e apoiar, sendo também importante sem a posse. Com boa imposição física, pressiona e recupera bolas no campo de ataque.

Zé Rafael, inclusive, sofreu a falta que deu origem ao lance do pênalti convertido por Raphael Veiga, no único gol do Palmeiras no Chile. O time vinha encontrando dificuldade para criar, e o meio-campista tomou a iniciativa de progredir com a bola dominada, até ser derrubado.

A partida de volta entre Palmeiras e Universidad Católica acontece na quarta-feira da semana que vem, às 19h15, no Allianz Parque. Vale lembrar que há o critério do gol qualificado fora de casa na Libertadores.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade