7 eventos ao vivo

Com investimento de R$ 10 milhões, Palmeiras prevê inaugurar hotel para a base em 2022

Clube se prepara para construir alojamento dentro do centro de treinamento de Guarulhos para os mais de 100 garotos das equipes inferiores

4 mar 2021
18h07
atualizado às 18h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Palmeiras pretende começar em breve as obras para construir um novo hotel para as categorias de base no centro de treinamento de Guarulhos. Atualmente o clube cuida da fase final dos estudos técnicos do projeto e da liberação ambiental para iniciar a construção. O empreendimento tem o custo previsto de R$ 10 milhões e a expectativa é inaugurar o local no ano que vem.

"Está começando o estudo do solo e parte de liberações técnicas. Vamos fazer um hotel da base. No ano que vem deve ser inaugurado", disse ao Estadão o coordenador das categorias de base do clube, João Paulo Sampaio. O plano de se fazer um hotel dentro do centro de treinamento da base é antigo dentro do Palmeiras. O principal benefício é melhorar a logística para os mais de cem garotos que integram as categorias inferiores em períodos normais.

O centro de treinamentos das categorias de base do Palmeiras tem cinco campos de treino
O centro de treinamentos das categorias de base do Palmeiras tem cinco campos de treino
Foto: Divulgação/Palmeiras / Estadão

Atualmente os meninos moram em apartamentos na região do Allianz Parque e se deslocam todos os dias para treinar em Guarulhos, em um deslocamento de cerca de 20 km. Com a construção do hotel, será possível todos morarem, treinarem e passarem o dia em um mesmo local, sem perder tempo com o trajeto. "Nossa logística em termos de moradia é treinar todo dia em Guarulhos e até mesmo fazer refeições em um outro local que não é o mesmo usado para treino e descanso", explicou Sampaio.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, as atividades de todas as categorias de base foram reduzidas. No momento, somente os elencos sub-20 e sub-17 estão em atividades normais. Por serem os garotos mais velhos e estarem mais perto da promoção ao profissional, a maior parte dos treinos têm sido na Academia de Futebol para facilitar a integração com o time principal.

O projeto da nova acomodação para as categorias de base até já foi apresentado para conselheiros e diretores há alguns anos. Para viabilizar essa ideia, a burocracia não é simples. Como o CT está localizado às margens do Rio Tietê, o clube fez contato com o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), órgão estadual gestor dos recursos hídricos, para conseguir a liberação. A diretoria também mantém conversas com a prefeitura de Guarulhos para matricular os garotos da base na rede pública de ensino da cidade.

A concepção de se fazer os garotos treinarem e morarem no mesmo local é bastante utilizada em outros clubes brasileiros. O São Paulo adota esse sistema em Cotia, a exemplo do Atlético-MG em Vespasiano (MG) e o Athletico-PR em Curitiba. A base do Palmeiras trabalha em Guarulhos com uma estrutura de cinco campos de futebol, arquibancada para 500 pessoas, sala de ginástica, fisioterapia e departamento médico.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade