PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Com dupla na Seleção, Palmeiras pode encerrar 'jejum' em Copas do Mundo e igualar marca do tetra

A poucos meses da competição no Qatar, Verdão tem dois nomes da lista de Tite, se eles forem confirmados no fim do ano, igualarão marca de 1994 com Zinho e Mazinho

12 mai 2022 13h52
| atualizado às 13h52
ver comentários
Publicidade

A presença de Weverton e Danilo na convocação da Seleção Brasileira na última quarta-feira reacendeu um sentimento no torcedor do Palmeiras de voltar a ter um representante em Copa do Mundo, o que não acontece desde 2002, com Marcos. Se os dois forem, vão igualar um feito de 1994, com Zinho e Mazinho. E que Tite saiba: em todos os cinco títulos havia pelo menos um palmeirense na lista.

Marcos foi o último jogador do Palmeiras a defender a Seleção em Copas do Mundo (Foto: AFP / DAMIEN MEYER)
Marcos foi o último jogador do Palmeiras a defender a Seleção em Copas do Mundo (Foto: AFP / DAMIEN MEYER)
Foto: Lance!

GALERIA

TABELA

Neste momento, o mais garantido na convocação final é Weverton, que esteve presente em todo o ciclo do Qatar. Dessa forma, se nada acontecer no caminho, ele será mais um jogador do Verdão a estar em uma Copa do Mundo com a Seleção Brasileira. Ao todo, 19 atletas alviverdes representaram o clube em mundiais com a Amarelinha. O goleiro deverá ser o 20º a conseguir essa oportunidade na história.

Aliás, o Palmeiras tem tradição em fornecer goleiros para a Seleção em Copas. Emerson Leão, por exemplo, representou o Verdão em quatro: 1970 (reserva), 1974 (titular), 1978 (titular) e 1986 (reserva), tendo voltado com a sonhada taça na conquista do tri, no México, acompanhado de um outro companheiro alviverde: Baldocchi.

Quem também conseguiu esse feito foi Marcos, em 2002, titular do penta. Essa, aliás, foi a última vez que um palmeirense esteve na Seleção Brasileira em Copas do Mundo, ou seja, Weverton pode quebrar um jejum de 20 anos sem ter um representante do clube.

Se Danilo também estiver na lista, o que hoje parece uma chance bem remota, pode quebrar um outro jejum: o de mais de um palmeirense na Seleção em Copas. A última vez que isso aconteceu foi em 1994, quando Zinho e Mazinho atuavam pelo Palmeiras e foram chamados por Carlos Alberto Parreira. Assim como Marcos, os dois voltaram com a taça e ajudaram o Brasil na conquista do tetra.

Coincidência ou não, vale destacar que nos cinco títulos da Seleção em Copas do Mundo havia pelo menos um jogador do Verdão na lista. Além desses já citados nas conquistas de 1970, 1994 e 2002, as taças Jules Rimet de 1958 e 1962 tiveram a ajuda palmeirense com Mazzola, na Suécia, e o trio Djalma Santos, Zequinha e Vavá no Chile.

Vale destacar também que o primeiro representante do Verdão em Copas pela Seleção Brasileira foi o atacante Luisinho, em 1938, na França. Naquela época, o clube ainda era o Palestra Itália, que depois mudou de nome para Sociedade Esportiva Palmeiras no ano de 1942.

Veja a lista de palmeirenses na Seleção em Copas do Mundo

Copa do Mundo de 1938

Luisinho - Atacante - Palestra Itália

Copa do Mundo de 1950

Jair da Rosa Pinto - Atacante - Palmeiras

Copa do Mundo de 1954

Rodrigues - Atacante - Palmeiras

Humberto - Atacante - Palmeiras

Copa do Mundo de 1958

Mazzola - Atacante - Palmeiras

Copa do Mundo de 1962

Djalma Santos - Lateral - Palmeiras

Zequinha - Meio-campista - Palmeiras

Vavá - Atacante - Palmeiras

Copa do Mundo de 1966

Djalma Santos - Lateral - Palmeiras

Copa do Mundo de 1970

Leão - Goleiro - Palmeiras

Baldocchi - Zagueiro - Palmeiras

Copa do Mundo de 1974

Leão - Goleiro - Palmeiras

Luis Pereira - Zagueiro - Palmeiras

Alfredo Mostarda - Zagueiro - Palmeiras

Ademir da Guia - Meia - Palmeiras

Leivinha - Atacante - Palmeiras

César Maluco - Atacante - Palmeiras

Copa do Mundo de 1978

Leão - Goleiro - Palmeiras

Jorge Mendonça - Atacante - Palmeiras

Copa do Mundo de 1986

Leão - Goleiro - Palmeiras

Copa do Mundo de 1994

Zinho - Meia - Palmeiras

Mazinho - Volante - Palmeiras

Copa do Mundo de 2002

Marcos - Goleiro - Palmeiras

Lance!
Publicidade
Publicidade