1 evento ao vivo

Botafogo vê uso indevido do VAR e quer anular jogo com o Palmeiras

26 mai 2019
22h45
atualizado em 29/5/2019 às 09h51
  • separator
  • 0
  • comentários

O Palmeiras superou o Botafogo na tarde de sábado ao converter um pênalti assinalado com interferência do VAR. O time alvinegro, insatisfeito com a decisão da arbitragem, planeja solicitar a anulação do confronto disputado no Estádio Mané Garrincha, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

O lance ocorreu logo no começo do segundo tempo. Inicialmente, o árbitro Paulo Roberto Alves Junior entendeu que Deyverson simulou ao cair após dividida com Gabriel e até advertiu o palmeirense. Orientado pelo VAR, ele viu o lance pelo monitor e marcou o pênalti, anulando o cartão amarelo.

Na cobrança, o zagueiro Gustavo Gomez marcou o único gol da partida disputada em Brasília. Na noite deste domingo, por meio de seu perfil oficial no Twitter, o Botafogo apresentou sua tese e confirmou que tomará medidas na tentativa de buscar a anulação da partida.

"O Botafogo pedirá a anulação do jogo com o Palmeiras. O VAR foi usado indevidamente, pois a partida havia sido reiniciada. Logo, não poderia ser alterada a decisão do árbitro (regra 5 da FIFA e protocolo 8.12 do VAR). A decisão tomada foi um erro de direito, não um erro de fato", diz o perfil.

No replay em câmera lenta da jogada, é possível notar que Gabriel pisou no pé de Deyverson. Após a partida, o jogador do Botafogo admitiu o contato com o adversário, mas reclamou da decisão tomada pelo árbitro Paulo Roberto Alves Junior de marcar o pênalti.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade