PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Boa sequência de jogos no Palmeiras levou Danilo à seleção brasileira, diz Tite

Treinador revela que volante já estava sendo monitorado há algum tempo pela comissão técnica

11 mai 2022 12h06
ver comentários
Publicidade

O volante Danilo, do Palmeiras, é a única surpresa da lista de convocados na manhã desta quarta-feira, 11, pelo técnico Tite para dois jogos amistosos da seleção brasileira em junho — contra a Coréia do Sul, em Seul, no dia 2, e contra o Japão, em Tóquio, no dia 6. Havia um terceiro amistoso previsto, contra a Argentina, em Melbourne (Austrália), no dia 11, mas esse foi cancelado - a empresa que gerencia os amistosos da seleção informou a CBF sobre isso na terça-feira, 10. Agora, a Confederação procura um adversário para um terceiro amistoso, e o mais provável é que seja uma seleção africana, a ser enfrentada preferencialmente na Europa.

Essa é a penúltima convocação antes da definitiva para a Copa do Mundo do Qatar, na qual o Brasil estreia em 24 de novembro contra a Sérvia. Tite convocou 27 atletas - embora a Fifa ainda não tenha oficializado, é praticamente certo que cada seleção poderá levar 26 jogadores à Copa. Além disso, o volante Fabinho, do Liverpool, sentiu uma lesão durante partida nesta terça-feira, precisou ser substituído e talvez não tenha condições de atuar nos amistosos. Exames médicos ainda serão feitos para confirmar a situação do atleta.

O técnico da seleção elogiou Danilo: "É um jogador que a gente vem acompanhando dentro daquele rol de atletas importantes, 50 atletas ou mais. Essa sequência de grandes jogos do Danilo, como a final do Mundial, a final da Libertadores, a gente vai buscando uma série de componentes importantes que credenciam o atleta a ser convocado, como foi o caso do Danilo".

O atacante Rodrygo, convocado uma semana após brilhar ao fazer dois gols pelo Real Madrid na semifinal da Liga dos Campeões, também foi elogiado. Tite agradeceu a Jair Ventura, técnico que lançou profissionalmente o jogador, quando dirigia o Santos. "Eu tenho que falar do Jair Ventura, foi ele que lançou Rodrygo no Santos, foi ele que falou, no contato que tive, sobre todas as características e qualidades", afirmou.

Estadão
Publicidade
Publicidade