PUBLICIDADE

Athletico-PR empata com o Palmeiras e se garante na Série A

O Palmeiras, repleto de garotos na equipe titular, conseguiu conter a blitz do Furacão na Arena da Baixada, e a partida terminou sem gols

6 dez 2021 21h07
| atualizado às 21h33
ver comentários
Publicidade

Em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021, Athletico-PR e Palmeiras, que usou dez jogadores da base em sua escalação titular, empataram por 0 a 0, na Arena da Baixada.

Com o resultado, o Palmeiras fica com 63 pontos e segue em 3º lugar do Brasileirão. Mesmo com o empate, o Furacão eliminou matematicamente as chances de cair para a Série B, chegou aos 46 pontos e fica na 14ª posição.

Na rodada final do torneio, a equipe paulista encara o Ceará, quinta-feira (9), às 21h30, na Arena Barueri. No mesmo horário, os paranaenses vão até a Arena Pernambuco enfrentar o já rebaixado Sport.

Pressão do Athletico

Os primeiros minutos foram de amplo controle do Athletico-PR. Aos quatro minutos, Pedro Henrique chutou de longe, a bola desviou na zaga e sobrou para Pedro Rocha, sozinho. Desequilibrado, o atacante chutou na rede pelo lado de fora.

Athletico-PR empata com o Palmeiras e se garante na Série A
Athletico-PR empata com o Palmeiras e se garante na Série A
Foto: Vinicius do Prado / Gazeta Press

O Furacão ocupava o campo de ataque e tentava encontrar espaços, enquanto o Verdão não conseguia acionar os jogadores ofensivos. Aos 17 minutos, Thiago Heleno aproveitou escanteio e pegou direto, com a perna esquerda, mas mandou para fora.

Resposta do Palmeiras

Em uma rara chegada do Palmeiras, Matheus Fernandes limpou a marcação e rolou na direita para Gustavo Garcia. O garoto cruzou para Vitinho, que chegou com tudo na área e testou firme, mas a bola beliscou a trave de Santos.

A equipe visitante conseguiu equilibrar e quase teve um pênalti à seu favor. Vitinho fez jogada pela esquerda e cruzou, a bola foi bloqueada dentro da área, com o braço, por Thiago Heleno. O árbitro foi ao monitor do VAR, mas flagrou um falta do camisa 57 palmeirense no começo da jogada, e não deu a penalidade.

Vinícius salva o Palmeiras no final do primeiro tempo

Aos 46 minutos da primeira etapa, o Athletico-PR teve a melhor oportunidade do jogo. Canesin recebeu na entrada da área, ganhou no corpo da marcação, ajeitou para a perna esquerda e chutou forte. Vinícius fechou bem o ângulo e fez ótima defesa.

Mais uma vez Vinícius!

A segunda etapa começou com roteiro parecido do primeiro tempo: Athletico-PR controlando a posse e o Palmeiras negando espaços para os mandantes. O Verdão recuava suas linhas e complicava a circulação de bola do Furacão.

Aos 16 minutos, Nikão cobrou escanteio aberto, Bissoli subiu sozinho e testou no contrapé de Vinícius, que de mão invertida, espalmou para fora e fez outra grande defesa.

Blitz dos mandantes

O Athletico-PR cresceu na metade do segundo tempo e passou a pressionar ainda mais o Palmeiras, especialmente nas bolas aéreas.

Após novo escanteio, a bola atravessou a área e sobrou para Marcinho, que soltou o pé. Matheus Fernandes salvou quase em cima na linha. Na sequência, cruzamento na área e Erick cabeceou com perigo.

Nikão, aos 34 minutos, puxou contra-ataque, driblou o zagueiro e o goleiro e cruzou para a área, mas Michel, em cima da linha, cortou o cruzamento. O Athletico martelou, mas não conseguiu o gol da vitória e o jogo terminou sem gols.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 0X0 PALMEIRAS

Data: 06 de dezembro de 2021, segunda-feira

Horário: 19h (de Brasília);

Local: Arena da Baixada, em Curitiba-PR;

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães - FIFA/RJ

Assistentes: Michael Correa - RJ e Luiz Claudio Regazone - RJ

VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda - RJ, Silbert Faria Sisquim - RJ e Renato Cardoso da Conceição - MG

Público/renda: 19.308/ Não divulgado

Cartões amarelos: Canesin (CAP); Gustavo Garcia (PAL)

Cartões vermelhos: -

Gols: -

ATHLETICO-PR: Santos; Pedro Henrique (Zé Ivaldo, 40/2ºT), Thiago Heleno e Nicolás Hernández (Nicolas, 19/2ºT); Marcinho, Canesin (Márcio Azevedo, 34/2ºT), Erick e Abner Vinicius (Pedrinho, 19/2ºT); Nikão, Pedro Rocha (Jader, 40/2ºT) e Bissoli. Técnico: Alberto Valentim

PALMEIRAS: Vinícius, Gustavo Garcia, Lucas Freitas (Pedro Bicalho, 38/2ºT), Michel e Vanderlan; Matheus Fernandes, Fabinho e Naves; Vitor Hugo, Giovani Gabriel Silva. Técnico: Paulo Victor.

Lance!
Publicidade
Publicidade