PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Abel diz que defende os seus jogadores "até a morte"

Em forte discurso, treinador elogiou a partida do Palmeiras e destacou a força do elenco

17 jun 2021 00h32
| atualizado às 07h38
ver comentários
Publicidade

O Palmeiras bateu o Juventude por 3 a 0 fora de casa nesta quarta-feira (16) e, após o triunfo, Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva em Caxias do Sul. O treinador proferiu um discurso de defesa de seus jogadores, ressaltando a qualidade e força do elenco e garantindo que os problemas são resolvidos internamente.

"Scarpa, Veiga, Zé são nossos jogadores. E os meus jogadores são os melhores do mundo. Não outros. Os meus! Meus filhos são os melhores do mundo porque são meus. Meus pais… Meus jogadores, para fora, eu defendo até a morte. Lá dentro faço o que tiver que fazer! É assim que funciona", ressaltou o treinador.

Além disso, o comandante parabenizou os jogadores que tem aproveitado as chances de atuar e pediu concentração aos garotos da base para que sigam a jornada vitoriosa.

(Foto: César Greco)
(Foto: César Greco)
Foto: Lance!

"Eu tenho que dar parabéns aos jogadores que têm sido menos utilizado e que tem aproveitado as oportunidades que o treinador tem dado. Quando ganhamos o que ganhamos com muitos guris, eu nunca sei como vão estar no próximo ano. Se estarão com a mesma humildade de antes ou com a cabeça em outra coisa. Queremos que continuem humildes pensando que ganhamos zero", apontou Abel.

De volta ao Palmeiras, Deyverson marcou seu primeiro gol desde o retorno logo em sua primeira partida como titular. O treinador elogiou a disposição do atacante em campo e destacou seu jogo aéreo como uma das armas que o Palmeiras ganha como opção.

"O Deyverson tem uma coisa que, pra mim, é obrigatória em qualquer jogador: Dar tudo em campo. Correr, lutar e sofrer. E tem uma coisa que os outros atacantes não tem. Ele tem um jogo aéreo fortíssimo, que ninguém mais no elenco tem. Por isso, nos dá mais opções", ponderou.

"É esse centroavante que aos 44′ do segundo tempo, num ataque do adversário, veio fazer uma falta. É o que quero. Que o goleiro seja o primeiro atacante e o atacante seja o primeiro zagueiro. Quando eles percebem isso, é fácil jogar no meu time", encerrou o português.

Com a vitória, o Palmeiras chegou à sua segunda no Campeonato Brasileiro. A próxima partida da equipe acontece neste domingo (20) pela manhã às 11h (horário oficial de Brasília) contra o América-MG no Allianz Parque.

 

Lance!
Publicidade
Publicidade