PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Após correria no início do ano, Abel destaca importância de "desfrutar" o título

3 dez 2021 21h42
| atualizado às 21h42
ver comentários
Publicidade

Na noite desta sexta-feira, o Palmeiras organizou uma festa para comemorar o tricampeonato da Libertadores, conquistado no último sábado. Se no início do ano o calendário impediu uma celebração mais adequada após o título conquistado sobre o Santos, agora Abel Ferreira quer desfrutar o momento.

O Verdão rumou ao Catar para a disputa do Mundial de clubes pouco mais de 72 horas após a conquista do título no Maracanã. Com a glória alcançada no Uruguai, o Palmeiras terá mais tempo para festejar e descansar, já que o torneio intercontinental acontecerá apenas em fevereiro de 2022.

"Quando ganhamos a Libertadores pela primeira vez, não tivemos tempo para desfrutar do nosso feito. Três ou quatro dias depois, estávamos no Catar para disputar o Mundial. Como as coisas não ocorreram bem, foi duro aguentar as críticas depois, parecia que tudo o que tínhamos feito tinha sido esquecido. Na prelação do jogo contra o Atlético-MG, disse que, se ganhássemos neste ano, iríamos celebrar, e tem sido assim até agora", disse Abel.

Ao comentar sobre a força do elenco do Palmeiras, o treinador português destacou a homogeneidade do grupo, que chegou preparado fisicamente para a grande decisão contra o Flamengo.

"Nos momentos mais duros, nós sempre fomos uma equipe unida, e a regra das 24 horas sempre esteve presente. Acho que esse foi o segredo da nossa equipe, mesmo agora no fim, quando nossa equipe caiu um pouquinho em termos de resultados. Mas tínhamos um plano, sabíamos o que fazer, o segredo era chegar no dia 27 com a bateria toda carregada, e foi isso que fizemos. Uma coisa podem ter certeza: quando entramos no CT, nossa única intenção é preparar os jogadores para vencer", finalizou técnico.

Vale lembrar que o futuro de Abel no Palmeiras ainda é incerto. O treinador tem contrato com o clube até o final do próximo ano, mas deixou claro que refletiria sobre sua permanência no Verdão, já que tem sofrido com a distância da família.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade