PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Abel Ferreira diz contar com Felipe Melo no Palmeiras e exalta Zé Rafael

Técnico afirma que torce pela renovação do volante, mas que entende que será uma decisão do presidente eleito no fim de 2021

19 jul 2021 05h11
ver comentários
Publicidade

Apesar da indefinição do Palmeiras sobre o futuro de Felipe Melo, o técnico Abel Ferreira conta com o volante para a sequência da temporada. O treinador avalia que o experiente jogador será de grande importância para o time paulista nas disputas do Brasileirão e da Copa Libertadores.

Felipe Melo tem contrato válido até 31 de dezembro deste ano e muito tem se especulado a respeito do seu futuro, já que ele está livre para assinar pré-contrato com outro time. O volante chegou a criticar publicamente o presidente Maurício Galliote, dizendo não saber "o que se passa na cabeça" do dirigente, que optou por não renovar o contrato e jogou a responsabilidade da decisão para o próximo presidente do clube.

Questionado sobre a situação do jogador, Abel Ferreira disse estar satisfeito com o desempenho dele e garantiu que torce pela permanência, mas que isso vai depender das eleições palmeirenses, marcadas para o início de dezembro, como disse Galliote.

"A diretoria já foi muito clara em relação ao que disse. Não disse em momento nenhum que ele não iria continuar, disse que era uma questão que a próxima diretoria iria decidir. Eu, enquanto líder, estou muito contente como Felipe Melo quando joga, como hoje, liderou a equipe jogou muito bem", disse. "Continuamos a contar com Felipe Melo. Hoje, mais uma vez, teve uma grande exibição, a equipe precisa dele", completou.

O treinador palmeirense também elogia sobre outro jogador que divide opiniões: o meio-campista Zé Rafael, um dos principais alvos dos protestos realizados após a eliminação para o CRB na Copa do Brasil, em junho. Abel já havia defendido o meia em outras oportunidades, mas, após a vitória sobre o Atlético-GO, foi mais incisivo e não poupou elogios.

"Temos que tirar o chapéu para o Zé Rafael. Ele passou por um momento difícil com uma lesão no pé, depois passou um período onde as críticas foram muito duras. Houve uma coisa que nunca fez: nunca desistiu, trabalhou sempre com caráter, com personalidade, renovou o contrato, e houve quem questionasse a renovação", lembrou Abel. "Não gosto muito de falar individualmente, mas para ele, de forma especial, por tudo que passou, pelas críticas que recebeu, digo que soube manter o foco, manter o equilíbrio pessoal e profissional", completou.

Sobre Dudu, Abel não se estendeu muito. Ainda que parte da torcida tenha a expectativa de ver o atacante como titular mais vezes, o técnico foi cauteloso e deixou claro que o ídolo palmeirense terá que brigar por posição assim como todos os jogadores.

"Eu acho que todos já perceberam que temos uma equipe muito competitiva, portanto precisamos ter calma com o Dudu. A concorrência pelas posições é muito forte. É a minha filosofia ter dois jogadores por posição do mesmo nível. Queremos que ele esteja sempre disponível para ajudar o grupo, como fez hoje", avaliou.

Líder do Brasileirão com 28 pontos, três a mais que o vice-líder Atlético-MG, o Palmeiras se prepara para enfrentar a Universidad Católica no jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores, após vitória por 1 a 0 no Chile. A partida está marcada para as 19h15 desta quarta-feira, no Allianz Parque.

Estadão
Publicidade
Publicidade