PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Abel diz ter boa relação com elenco e garante sair se perder o vestiário

26 out 2021 20h14
| atualizado às 20h14
ver comentários
Publicidade

Depois da vitória do Palmeiras por 2 a 1 sobre o Sport, Abel Ferreira foi perguntado sobre a conversa com os jogadores no intervalo, já que o time terminou o primeiro tempo perdendo a partida. Antes de comentar sobre detalhes estratégicos, o treinador aproveitou para falar sobre a relação que tem com seus comandados.

Abel garantiu que sempre esteve no controle do que se passa no vestiário do Verdão, deixando claro que não permaneceria no clube se notasse que atletas não comprassem mais suas ideias.

"Para aqueles que dizem: 'O professor perdeu o vestiário, o professor perdeu não sei o que'. Quem treina com eles, quem está com eles todos os dias, quem sofre com eles… Eu não grito com eles, não sou treinador de grito. Gosto de falar com homens, porque antes de serem jogadores são homens", disse Abel.

"Quando sentir que perdi o grupo, sou o primeiro a ir embora. Quando sentir que o grupo não segue aquilo que digo, sou o primeiro a ir embora. Se fiquei aqui, é porque há trabalho a fazer, é porque eles me seguem e acreditam no que o treinador diz", comentou.

Na primeira semana de outubro, o agente de Abel, Hugo Cajada, veio à imprensa para assegurar que o treinador não deixará o Palmeiras antes do término da temporada. Além disso, o empresário não descartou a possibilidade do técnico renovar o seu contrato com o clube palestrino.

Com a vitória sobre o Sport, o Palmeiras chegou aos 49 pontos somados, na terceira colocação do Campeonato Brasileiro. O time volta a campo no domingo da semana que vem, contra o Grêmio, às 16h, na Arena dos gaúchos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade