3 eventos ao vivo

Ônibus do Fenerbahce sofre ataque, e motorista é baleado

4 abr 2015
17h59
atualizado em 5/4/2015 às 17h36
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Fenerbahce viajou a Rize e conquistou uma importante vitória por 5 a 1 sobre o Rizespor, neste sábado, pela 26ª rodada do Campeonato Turco, mas o que deveria ser festejado virou alvo de um covarde ataque após a partida. Um homem armado atirou contra o ônibus do time vencedor e deixou gravemente ferido o motorista do veículo, que foi baleado. De acordo com informações da imprensa turca, o ataque ocorreu na estrada entre Rize e Trabzon, onde o Fenerbahce embarcaria de volta a Istambul.

Um assaltante usou arma de fogo para atingir o veículo em alta velocidade e acertou o motorista. De acordo com a agência EFE, os tiros atingiram o pára-brisas do ônibus, e membros de segurança da equipe tiveram que agir rápido para assumir o volante e conseguir controlar o ônibus. O jornal inglês Daily Mirror relata que uma gangue teria tentado alvejar os jogadores e que torcedores do Rizespor podem estar envolvidos no caso.

Ônibus do Fenerbahçe sofre ataque e motorista é baleado

Um membro da delegação do Fenarbahce informou que o motorista foi imediatamente ao hospital e está tratamento intensivo. “Nós estávamos viajando pela estrada quando o incidente aconteceu. O motorista foi alvejado, e nós tivemos a sorte de o ônibus não ter se acidentado”, disse Mehmet Uslu, à Fenerbahce TV.

"Houve um barulho na esquerda, e a janela explodiu. O motorista foi atingido, e nós paramos o ônibus, puxamos o freio. Nosso doutor atendeu o motorista. Saía muito sangue, do nariz e da boca. Ele foi levado a um centro médico por um carro da polícia. Isso não pode ser uma desgraça, estou chocado", disse o gerente administrativo do Fenerbahce, Hanan Çetinkaya, ao jornal Hurriyet.

<p>Motorista do ônibus do Fenerbahce foi baleado</p>
Motorista do ônibus do Fenerbahce foi baleado
Foto: Twitter / Reprodução

"Nós viemos aqui para fazer esporte, chegamos para jogar futebol. Realmente uma vergonha. Eles têm tentado nos intimidar. Eles são muito sem vergonha. Muito errado. Uma pena para as crianças", diz um comunicado no site oficial do clube.

O zagueiro Bekir İrtegün usou o Twitter para demonstrar revolta com o que havia ocorrido. “Eu não consigo acreditar no que aconteceu. Apesar do condutor, estamos todos bem. Mas eu não entendo como ele poderia nos alvejar nessas circunstâncias”, escreveu.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade