2 eventos ao vivo
Logo do Náutico
Foto: Divulgação

Náutico

Sport segura empate na casa do Náutico e vai à decisão

23 abr 2017
18h12
atualizado às 19h17
  • separator
  • comentários

O Sport entrou em campo neste domingo precisando de um empate para ir à final do Campeonato Pernambucano e aproveitou muito bem a vantagem. Visitando o Náutico depois de vencer por 3 a 2, de virada, no jogo da ida, o Rubro-Negro saiu atrás com gol de Giovanni, mas garantiu o resultado neutro com Giovanni, ainda no primeiro tempo, para sair com a vaga.

Foto: Marlon Costa / Futura Press

A igualdade nesta tarde garantiu o Leão em sua segunda decisão consecutiva do Estadual, depois do vice-campeonato de 2016. Maior campeão de Pernambuco com 40 conquistas, a equipe hoje comandada por Ney Franco vai atrás de seu 41ª título, diante do Salgueiro, que eliminou o Santa Cruz.

A final do Pernambucano terá o mesmo formato de toda a fase eliminatória do torneio, com confrontos duplos. O primeiro jogo será realizado no dia três de maio, na Ilha do Retiro, e o campeão será conhecido no dia 7, na casa do Salgueiro.

O começo do primeiro tempo na Arena Pernambuco foi muito intenso, com o Náutico dominando as ações e chegando com qualidade ao ataque. Logo aos oito minutos, os donos da casa carimbaram uma bola na trave, depois de bela jogada individual do atacante Erick, que deixou dois defensores para trás e mandou uma bomba de perna direita.

A equipe alvirrubra seguiu melhor, com mais qualidade na troca de passes, mas perdeu o ritmo ofensivo e o confronto acabou esfriando. O Sport até que chegou bem e perdeu grande chance com André cabeceando sozinho e mandando para fora, aos 22 minutos, mas as chances não passaram disso.

Após diversas trocas de posse de bola no meio e muitas faltas, a emoção passou a tomar conta da primeira etapa, conforme o intervalo se aproximava. E foi exatamente depois dos 30 minutos de bola rolando, mais exatamente aos 31, que o placar foi inaugurado pelo Timbu. Após cobrança de escanteio, o volante Giovanni subiu mais que todo mundo, próximo ao primeiro pau, para estufar as redes.

Depois de sair atrás, o Leão resolveu acordar e acabou com a festa da torcida mandante dois minutos depois de levar o gol. Em cobrança de falta próxima à linha do meio-campo, o volante Fabrício mandou para o meio da área e o zagueiro Matheus Ferraz subiu entre dois marcadores para acertar o canto esquerdo do goleiro Tiago Cardoso.

Nos primeiros momentos dos 45 minutos finais, o Rubro-Negro entrou querendo definir a vaga na final. Logo aos dois minutos o atacante Rogério tentou de fora da área e mandou por cima da meta, muito perto de selar a virada.

Depois do bom começo dos visitantes, o Náutico, que precisava da vitória para pelo menos levar a decisão dos pênaltis, passou a controlar as ações e implantar forte pressão. O Sport, porém, se manteve consistente na defesa e encaminhou o empate para ir à decisão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade