0
Logo do Náutico
Foto: Divulgação

Náutico

Pressionado, Náutico visita o Paysandu precisando da vitória

17 jul 2017
20h06
atualizado em 18/7/2017 às 08h21
  • separator
  • comentários

O Náutico entra em campo no Mangueirão, em Belém do Pará, nesta próxima terça-feira, às 19h15 (de Brasília) para encarar o Paysandu, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com apenas sete pontos conquistados em 14 partidas, o time alvirrubro busca somar pontos para sair da lanterna afundada da competição, enquanto o Papão tenta se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento.

A equipe de Pernambuco busca apoio no retrospecto recente do confronto entre os dois times para acreditar no triunfo, mesmo fora de casa. Nas últimas duas edições da Série B, o Náutico não perdeu para o Paysandu: são três vitórias e um empate.

O Timbu parece ter encontrado seu padrão de jogo: a equipe não perde há três partidas, com uma vitória e dois empates. Entretanto, o time pernambucano continua com o pior ataque e a pior defesa da competição, com apenas 10 gols marcados e 23 sofridos. "Estamos enfrentando equipes que estão prontas, que se prepararam muito para esta Série B, então são jogos difíceis. Temos que, jogo a jogo, procurar as movimentações do meio para frente", explicou o treinador Beto Campos.

O técnico terá dois desfalques importantes para o confronto contra o Papão. O meia Giovanni, que sentiu uma lesão no joelho esquerdo no empate do Náutico com o Santa Cruz, por 0 a 0, será reavaliado na noite desta segunda-feira e está fora da próxima partida. O atacante Gilmar, que já não disputou o clássico pernambucano, deverá permanecer afastado para o tratamento de sua lesão na coxa direita e só deve voltar no jogo contra o Londrina, no próximo sábado.

Já o Paysandu busca embalar de vez no campeonato. O clube paraense vem de uma vitória, de virada e fora de casa, contra o Vila Nova e tem tudo para engatar uma boa fase. Com isso em mente, o goleiro da equipe, Marcos Milezani, pediu o apoio da torcida do Papão para a partida contra a equipe alvirrubra.

"A torcida empurra o time mesmo e, sem dúvida, isso nos dá tranquilidade para fazer um grande jogo e sair com uma vitória, que nos dará uma sequência muito boa no campeonato, com duas vitórias seguidas, para a gente focar lá em cima a partir de terça-feira. É por isso que a gente precisa bastante desse apoio do torcedor", contou.

Com a última vitória, o Paysandu deixou de ser o primeiro time fora da zona de rebaixamento e subiu para uma provisória 14ª colocação, ganhando um pouco mais de ar na tabela. Para seguir crescendo, o goleiro ressalta o comprometimento do time e a força dos torcedores.

"Terça-feira eu espero que todos os ingressos estejam vendidos para a partida. A gente precisa muito do torcedor, do apoio dele, que ele volte a abraçar esse time. No nosso time, todo mundo corre por todo mundo. Todo mundo marca, todo mundo defende, todo mundo procura servir o melhor companheiro para fazer o gol. Que o Mangueirão esteja com bastante gente, com a torcida fazendo muito barulho, fazendo uma pressão, porque sem dúvida alguma a nossa torcida é o 12º jogador", finalizou.

Para o jogo contra o Náutico, o Papão não terá a presença do meia Rodrigo Andrade e do volante Augusto Recife, que foram expulsos na partida contra o Vila Nova. Ricardo Capanema e Jhonnatan devem ser os substitutos. O goleiro titular Emerson também deverá estar fora por lesão. Entretanto, o técnico Marquinhos Santos contará com o retorno do atacante Bergson, que estava suspenso.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU X NÁUTICO

Local: Mangueirão, em Belém (PA)

Data: 18 de julho de 2017, terça-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)

Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ) e Gabriel Conti Viana (RJ)

PAYSANDU: Marcos Milezani; Ayrton, Fernando Lombardi, Gualberto e Peri; Ricardo Capanema, Renato Augusto e Jhonnatan; Magno, Bergson e Welinton Junior (Marcão)

Técnico: Marquinhos Santos

NÁUTICO: Tiago Cardoso; Suelinton, Breno, Feliphe Gabriel e Léo Carioca; Amaral, Jobson, Diego Miranda e Henrique; Alison e Erick

Técnico: Beto Campos

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade