PUBLICIDADE
Logo do

Náutico

Meu time

Presidente do Náutico faz balanço positivo de seus anos no comando do clube

Edno Melo ressaltou "responsabilidade financeira e administrativa" colocadas como base de sua trajetória que, necessariamente, se encerrará no fim do ano

4 out 2021 15h34
ver comentários
Publicidade

Em entrevista dada ao portal 'ge', o presidente do Náutico, Edno Melo, fez uma avaliação de tom positivo sobre a sua gestão que dura desde 2018 na somatória dos dois biênios em que foi eleito.

Presidente do Timbu foi reeleito sem concorrência (Priscila Farias/Comunicação CNC)
Presidente do Timbu foi reeleito sem concorrência (Priscila Farias/Comunicação CNC)
Foto: Lance!

O principal ponto levado em consideração por Edno está calcado, em sua visão, na capacidade de conseguir manter as contas equilibradas. Já pensando, inclusive, no fato de que a tendência no cenário administrativo e financeiro é ainda mais promissora para 2022, momento em que ele não poderá estar mais como mandatário do Timbu.

- A nossa base, desde o começo, foi a responsabilidade financeira e administrativa do clube. E isso a gente tem feito. Devemos dar continuidade a esse projeto, esse sentimento que existe na gestão de responsabilidade financeira, fiscal. Sempre gastamos somente o que temos. No ano que vem, o Náutico vai ter algumas receitas maiores e algumas despesas menores. Estamos conseguindo fazer gestão dos salários dos funcionários, dos fornecedores. É um clube que está em franca evolução e devemos ter zelo para não jogar quatro anos de trabalho fora - detalhou.

Em relação ao candidato que teria seu apoio no processo eleitoral que acontecerá no fim deste ano, Edno preferiu não fazer maiores afirmações, entendendo que sua preocupação precisa ser entregar o clube nas melhores condições possíveis para o sucessor, seja ele quem for:

- O meu planejamento no Náutico, hoje, está voltado para os três últimos meses da gestão, para que a gente termine do jeito que começou: de maneira exitosa, planejada, para que tudo ocorra bem. O Náutico criou uma gestão com pessoas que querem fazer bem ao clube. Eu me encaixo nesse perfil e estou à disposição sempre. Acredito que não é momento de falar em eleição, é momento de se preocupar com o clube e terminar bem essa gestão que teve um começo, um meio e acreditamos num fim positivo.

Lance!
Publicidade
Publicidade