0
Logo do Náutico
Foto: Divulgação

Náutico

Náutico é derrotado para o CRB e segue sem vencer na Segundona

30 jun 2017
23h27
atualizado às 23h27
  • separator
  • comentários

Desesperado por uma vitória, o Náutico recebeu o CRB nesta sexta-feira na Arena Pernambuco, entretanto, não conseguiu sair de campo com um resultado positivo. Sem vitórias em 11 jogos na Série B do Brasileirão, o Timbu voltou a perder, desta vez para o rival alagoano por 1 a 0, e permaneceu na lanterna do campeonato, embora tenha jogado muito melhor em comparação com as últimas partidas.

Em jogo bastante equilibrado, ambas as equipes criaram boas chances e fizeram os goleiros trabalharem, principalmente no primeiro tempo. Contando com um maior apoio da torcida, que desta vez resolveu comparecer, ainda que em pequeno número, o Náutico mostrou evolução dentro das quatro linhas, mas seguiu sem somar três pontos.

Já o CRB, que depois de um bom início de campeonato passou a figurar no meio da tabela, voltará para Maceió com três pontos na bagagem. O triunfo fora de casa mantém o embalo da equipe, que já acumula três partidas invictas desde que o técnico Dado Cavalcanti chegou ao clube e espera manter a toada para retornar às primeiras posições.

O jogo - O Náutico não precisou de muito tempo para assustar os visitantes. Aos sete minutos de partida Vinícius aproveitou bom cruzamento de Breno pela direita para cabecear firme ao gol e obrigar o goleiro Edson Kolln a fazer uma defesa dificílima.

Seis minutos depois foi a vez do CRB responder. Em cobrança de escanteio de Edson Ratinho, Chico aproveita rebote do goleiro para pegar de primeira na entrada da área e mandar à direita do goleiro Tiago Cardoso.

O primeiro tempo seguiu equilibrado, e o CRB novamente assustou os jogadores do Timbu com Zé Carlos, que aproveitou a confusão da zaga alvirrubra para mandar uma pancada de fora da área e obrigar o goleiro rival a espalmar para escanteio.

Aos 22 minutos o Náutico teve outra grande chance. Manoel foi acionado por Erick, dominou e bateu forte cruzado. A bola passou colada na trave da meta do CRB. Antes do apito final, aos 44, Aislan cobrou falta na barreira, a bola sobrou para Giovanni, que disparou da entrada da área, forçando Edson Kolln a trabalhar mais uma vez.

Bastaram dois minutos do segundo tempo para a arbitragem se envolver em polêmica. Erick recebeu na esquerda e deu belo efeito na bola, mandando no ângulo e balançando as redes na Arena Pernambuco, no entanto, o auxiliar Emerson Augusto de Carvalho acabou marcando impedimento.

O CRB não deixou barato. Aos 24 minutos Zé Carlos aproveitou o enrosco de Neto Baiano com a defesa do Náutico para ficar livre com a bola, invadir a área e tocar por cima de Tiago Cardoso. Pouco depois do gol os jogadores das duas equipes se envolveram em confusão que rendeu um cartão amarelo para Neto Baiano.

Nos minutos finais o Náutico ainda se jogou para o ataque na esperança de conseguir ao menos somar um ponto, entretanto, o CRB mostrou bastante organização em campo para sair da Arena Pernambuco com a importante vitória.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 0 x 1 CRB

Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE)

Data: 30 de junho de 2017, sexta-feira

Horário: 21h30 (Brasília)

Árbitro: Devarly Lira do Rosario (ES)

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

GOLS: Zé Carlos, aos 24 minutos do 2ºT (CRB)

Cartões amarelos: Edson Ratinho e Neto Baiano (CRB); Manoel (Náutico)

Público: 4289 pessoas

Renda: R$ 32.035,00

NÁUTICO: Tiago Cardoso; David, Breno, Aislan, e Manoel; Amaral, Darlan Bispo e Giovanni (Esquerdinha); Erik, Vinícius (Iago) e Gilmar (Gerônimo)

Técnico: Beto Campos

CRB: Edson; Edson Ratinho, Flávio Boaventra, Adalberto e Diego; Adriano (Audálio), Yuri, Danilo Pires e Chico; Erick Salles (Neto Baiano) e Zé Carlos (Elvis)

Técnico: Dado Cavalcanti

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade